dailymotion-domain-verification-bf8367051eadca91-dmebea1o8ssgrxz1l Jacir Holowate: 13 de Março de 2010 stat counters

Audiencia do site

sábado, 13 de março de 2010


25 Dicas Para Emagrecer com Saúde e Manter-se Magro


Emagrecer lentamente pode ser desestimulante, já que não se pode ver o resultado em curto prazo. Mas então o que fazer para ter o corpo desejado?

Infelizmente, não há milagres. O emagrecimento depende de uma alimentação balanceada e exercícios físicos. Talvez essas palavras assustam, mas na seqüência você pode encontrar dicas para sua dieta se tornar mais fácil e menos sacrificante.


1. Não tenha pressa. Se estiver acima do peso, pergunte-se há quanto tempo carrega esse excesso. Então, para que eliminar peso do dia para a noite?

2. Corrija gradativamente a sua atitude em relação aos alimentos.

3. Não exclua de um dia para outro aquele alimento que só de pensar dá água na boca. Na verdade, nunca o exclua, mas saiba quando e quanto pode ingeri-lo.

4. Controle a ansiedade. Encontre uma distração ou um hobby que faça com que a sua atenção desvie da comida.

5. Estipule horários para as refeições.

6. Deixe de comer aquele doce e substitua pela fruta da sua preferência.

7. Beba muita água! Hidrate-se. Água desintoxica o organismo, ajuda no ganho de massa muscular, na perda de gordura e na eliminação das fezes. Beba de 2 a 3 litros por dia. Lembre-se: a hidratação acontece principalmente de dentro para fora.

8. Deixe o seu prato colorido. Saladas e legumes devem estar presentes diariamente no almoço e jantar.

9. Se alguém notar que está adotando novos hábitos e perguntar se está de “regime”, mande um audível “não”. Muitas pessoas adoram sabotar as boas intenções alheias.

10. Sem jejum: Muitas pessoas pensam que se pularem uma refeição estarão comendo menos e emagrecendo. Acorre o contrário, pois cada refeição feita após o jejum é marcada pela voracidade e assim a pessoa acaba comendo mais.

11. Não coma quando estiver cansado: Você vai querer comer rápido, não vai escolher os alimentos que realmente quer comer para ir descansar logo, então descanse primeiro ao menos 10 minutos, respire fundo, ou vá tomar banho antes de ir comer.

12. Faça atividades físicas: A adoção de atividades físicas melhora sua qualidade de vida, além de melhorar seu desempenho (no trabalho, em casa, no sexo) e ajuda a queimar as calorias que estão sobrando. Por exemplo:

• Vá a pé à padaria ou à banca de jornal;
• Levante-se da cadeira durante o trabalho ao invés de usar as rodinhas;
• Passei com o cachorro e brinque com as crianças;
• Se andar de ônibus, procure saltar um ponto antes e vá a pé ao seu destino;
• Esqueça o elevador ou as escadas rolantes e use escadas normais;
• Ao invés de sair para jantar, saia para dançar;
• Evite ficar parado o máximo de tempo que puder.

13. Dor de cabeça, tontura e fraqueza são comuns em qualquer dieta. O organismo está se adaptando a uma nova realidade. Contudo, informe sempre ao médico ou nutricionista assistente qualquer sintoma observado.

14. Não se preocupe com o peso na balança: Ele não indica se houve emagrecimento real ou ganho de peso magro – para isso é necessária uma avaliação completa da composição corporal (peso e porcentagem de gordura). Evite verificar o peso com freqüência durante o tratamento para emagrecer.

15. Uma dieta saudável deve englobar o trinômio: Boa Alimentação, Atividade Física e Repouso Adequado.

16. Não desista da dieta: Há, pelo menos, 10 tipos de dietas diferentes e cientificamente comprovadas, que podem se adequar ao seu organismo.

17. Faça de cinco a seis refeições por dia, sendo três refeições principais e dois a três lanches intermediários.

18. Mantenha um diário alimentar e evite a alimentação automática. É importante não fazer nada diferente enquanto comer (ver TV ou ler jornal, por exemplo).

19. Alimente-se em local adequado e sentado. Pouse os talheres entre uma garfada e outra e mastigue devagar os alimentos. Não coloque as travessas na mesa durante a refeição. Coma uma porção de cada vez e saia da mesa após se alimentar.

20. Use uma lista durante as compras e não faça compras em jejum ou com fome. Mantenha alimentos saudáveis à vista e alimentos problemáticos fora da visão. Procure distinguir fome e desejo. Resista aos desejos e não os inclua na sua lista.

21. Prepare-se com antecedência para eventos especiais e situações que podem colocar seu emagrecimento em risco.

22. Não cultive sonhos impossíveis em relação ao peso. Estabeleça objetivos realistas.

23. Concentre-se em seu comportamento e não no peso.

24. Viva as emoções em vez de descontá-las nos alimentos. Aprenda a diferenciar fome de compulsão.

25. Converse com seus familiares para que eles apóiem e auxiliem no seu tratamento, evitando insistir no preparo de alimentos inadequados e não ridicularizando suas atitudes e esforços.

O que devo comer para aliviar a TPM?



Existem alguns nutrientes que ficam em falta no período anterior à menstruação. Comer mal contribui com essa deficiência e agrava os sintomas.


A Tensão Pré-Menstrual possui cerca de 150 sintomas relacionados, que, além do psicológico, também influenciam na parte física e comportamental. É um momento difícil para muitas mulheres, mas é bom saber que a alimentação pode ajudar a superar as crises de TPM.

Existem alguns nutrientes que ficam em falta no período anterior à menstruação. Comer mal contribui com essa deficiência e agrava os sintomas, também levando ao surgimento de inchaços pelo corpo, náuseas, dores nos seios, mudanças de humor, entre outros.

O primeiro passo, então, é procurar se alimentar com mais frequência durante o dia, mas em refeições menores. Isso facilita o processo de digestão e mantém o corpo sempre com reservas energéticas. A montagem do prato deve privilegiar alimentos leves, como frutas, verduras, legumes, grãos integrais. Gordura saturada e sal devem ser evitados.

O magnésio e o cálcio são substâncias essenciais para o processo metabólico, sua ingestão alivia bastante os desconfortos. O primeiro está presente nos alimentos que já citei, os integrais - aí, pode se ser vir de arroz integral, aveia, granola e farelo de trigo -, também no amendoim, nozes, amêndoas, feijão, soja, frutos do mar e outros. Já o cálcio é encontrado, principalmente, no leite e seus derivados, mas a preferência é pelos com baixo teor de gordura, queijos magros e leite desnatado, por exemplo.

O chocolate também é rico em magnésio, mas se consumido em excesso o açúcar e a cafeína que contém vão deixar a TPM ainda mais incômoda. Assim, já está a dica de que é bom evitar muito açúcar e cafeína, logo refrigerantes e café. O álcool também deve ser mantido longe da dieta.

Estas são algumas dicas para deixar o período da TPM mais fácil de se enfrentar, mas situações extremas devem ser levadas para um médico.

Os 10 maiores sintomas de que você está grávida

Há mulheres que são tão sintonizadas com o corpo que dizem conseguir perceber que estão grávidas logo depois da concepção. Mas, para a maioria das mortais, os sintomas da gravidez só começam a aparecer quando o óvulo fertilizado se implanta na parede uterina, dias depois de a fertilização ter acontecido. Para outras, a gravidez pode passar completamente despercebida por semanas, e a desconfiança só surge quando a menstruação não vem. Leia abaixo uma lista com os principais sinais do início da gravidez. Pode ser que você tenha todos, mas também é perfeitamente normal não ter nenhum deles, mesmo estando grávida:

1. Vontades. É, é um clichê, mas a vontade repentina de comer alguma coisa pode ser um sinal de gravidez. É um sintoma não muito confiável, porque você pode estar sugestionada (ou até ser um sinal de que seu corpo precisa de determinado nutriente), mas, se as vontades começarem a aparecer e você tiver algum outro sintoma da lista, é bom fazer as contas para saber se a menstruação não está atrasada. A vontade de comer pode aparecer em horários estranhos, como no meio da madrugada, na forma de um "buraco" no estômago que precisa ser preenchido de qualquer jeito.

2. Bicos dos seios mais escuros e veias muito aparentes. Se a pele da aréola, a região em torno do mamilo, ficar mais escura, pode ser que você esteja grávida. O escurecimento pode também indicar algum desequilíbrio hormonal, ou ser efeito de uma gravidez anterior. Se as veias dos seus seios, mãos ou pés estão aparecendo demais, pode ser sinal de gestação (ou pode ser que você esteja acalorada!), desde que junto com algum outro sintoma da lista.

3. Sangramentos irregulares e cólicas. Cerca de oito dias depois da ovulação, pode ser que você tenha pequenos sangramentos vaginais, como no início da menstruação, e um pouco de cólica. É um sinal de que o zigoto (o óvulo fertilizado) está se alojando no endométrio, a camada de sangue que reveste o útero e que é eliminada a cada menstruação. Muitas mulheres têm esse tipo de escape e têm certeza de que estão para ficar menstruadas, quando na verdade já estão grávidas.

4. Vontade de fazer xixi a toda hora. Uma vez que o embrião se implanta e começar a produzir o hormônio gonadotropina coriônica humana (hCG), você pode começar a precisar ir ao banheiro com mais frequência. Para algumas mulheres, porém, fazer mais xixi é uma característica do período pré-menstrual, portanto o sintoma pode não ser tão claro. Uma boa indicação é começar a precisar levantar para fazer xixi à noite, se antes isso nunca tinha acontecido.

5. Sono e cansaço. Você anda desmaiando no sofá à noite, na frente da TV? Passa o dia bocejando? A alta concentração de progesterona no organismo de uma mulher grávida pode deixá-la exausta. O sono excessivo é marca registrada do início da gravidez, embora não possa ser tomado como 100 por cento sinal de gestação se aparecer isolado, sem outro sintoma.

6. Seios inchados e doloridos. Se você estiver grávida, seus seios vão provavelmente ficar cada vez mais sensíveis, mais ou menos como ficam logo antes de você ficar menstruada (ou seja, mais um sinal que confunde bastante com o período da TPM), talvez com um pouco mais de intensidade. Quando o organismo se acostumar aos novos níveis hormonais, o incômodo deve melhorar.

7. Alterações no paladar ou no olfato. Você pode começar a sentir um gosto metálico na boca, ou passar a não suportar mais o sabor do café ou de algum alimento de que normalmente gosta. Ou então passar a sentir cheiros que nunca tinha notado antes, e ficar incomodada com eles.

8. Enjôos. Com sorte, a náusea só vai aparecer algumas semanas depois da concepção (as mais sortudas chegam a não ter nem um pingo de enjôo a gravidez inteira). Mas não é incomum começar a se sentir enjoada antes mesmo do atraso da menstruação. O enjôo pode aparecer a qualquer hora do dia -- e costuma piorar quando o estômago está vazio.

9. Atraso menstrual. Se você tem ciclos menstruais regulares e a menstruação está atrasada, vale a pena fazer um teste de gravidez. O atraso na menstruação é o sinal mais garantido de gravidez no caso de mulheres que têm ciclos regulares.

E finalmente...

10. Um teste de farmácia positivo. Se você obteve um resultado positivo num teste de gravidez de farmácia, feito com a urina, você deve estar mesmo grávida! O teste detecta a presença do hCG no organismo, e o hormônio só é produzido em caso de gravidez, exceto em casos raríssimos. Às vezes o exame dá negativo porque foi feito cedo demais, por isso vale a pena esperar alguns dias e tentar de novo. Mas, com o resultado positivo nas mãos (que devem estar tremendo), marque uma consulta com seu ginecologista para confirmar a boa notícia e já vá para nossa seção sobre gravidez. Parabéns!

pergunta feita por leitoras. deixe sua resposta em forma de comentario

Menstruação atrasada, sono, enjôo, sem vontade de comer, teste de gravidez de farmácia negativo o que pode ser?

O que posso e o que nao posso comer,Quando estou menstruada? Eu queria saber se quando estou menstruada posso comer tudo?Tem alguma coisa que faz mal?

Quando se está menstruada PODE SE COMER DE TUDO.

Quando se está menstruada PODE SE TOMAR BANHO DE CORPO INTEIRO, INCLUSIVE MOLHANDO A CABEÇA.


isso é histório..pode se comer de tdu sim:p

alguns alimentos sao e considerados que faxem diminuir a dor menstrual, como a fruta e as verduras..

mas nao sei nao


Querida você pode comer tudo... Essas historias que não pode comer isso, que não pode comer aquilo...isso é coisa do passado...

Então...não pense mais nessas coisas.


Minha querida, vc pode comer de tudo, lavar cabelo, ir à piscina e etc., etc., etc., se o parceiro não tiver nojo pode até fazer sexo....
Agora minha amiga, não vá pela cabeça do cidadão q mandou vc tomar chá de canela que vc vai ter q. usar pelo menos 3 absorventes de uma vez só, pois a canela faz a menstruação descer mais ainda; isso era muito usado pelas moças q engravidavam e queriam abortar e existem pessoas q ainda fazem isso, pois o q tem de gente q vai a casa de minha mãe pedir folhas do pé de canela q tem no quintal não tá no gibi, mas todas dizem q é porque tá só atrasada a menstruação......
Fora isso viva normalmente, usando um bom absorvente!


Talvez, beterraba.
Pois vai te deixar mais confusa.rsrsrs

Mas, sei o que é bom para não ter cólicas:
Um chá de canela.
Fazer um escalda pés, depois enxugar muito bem os pés e vestir uma meia.
Tomar um remédio, contra cólicas.
Ficar em repouso durante um tempo, ou até que as cólicas estejam aliviadas.
As vezes se a cólica for muito forte, um antiinflamatório.
Evitar o sal, pois nos incha causando mais cólicas.
Bolsa de água quente, no local, mas com uma toalha embaixo, para não aquecer muito,


Geralmente as cólicas, são provocadas por excesso de coágulos formados. E na passagem dos mesmos, a cólica aumenta.

Tudo que relacionei acima, aliviam e ajudam a desfazer os coágulos, isso desde o tempo de minha avó.

Atualmente, existem tratamentos para cólicas, para a TPM.
Consulte seu ginecologista.

Muita Paz.

Fonte(s): Jacir e pesquisas

pergunta feita por leitoras. deixe sua resposta em forma de comentario

Oq posso e o que nao posso comer,quando estou menstruada?

Eu queria saber se quando estou menstruada posso comer tudo?Tem alguma coisa que faz mal?que aumenta as colicas?Me ajudem gente

Saiba tudo sobre o pênis

Aqui você aprende o que precisa sobre esse orgulho masculino. Divirta-se!



Dimensões do brinquedo

Quando está em estado de ereção, o tamanho médio do pênis dos homens brasileiros é de 13 a 14 centímetros. O órgão sexual feminino, assim como o masculino, também varia de tamanho de pessoa para pessoa. A profundidade média da vagina brasileira é de 12 centímetros (quando excitada). Por ser elástico, o canal vaginal aumenta de largura e de comprimento durante o ato sexual - para se adaptar ao falo. Os médicos consideram como "micropênis" os órgãos que atingem menos de 5 centímetros quando rígidos.

Dimensões do brinquedo


Funcionamento

Aos 18 anos, bastam 30 segundos, em média, para que o pênis se recupere de uma ejaculação e possa começar outra rodada de sexo. Por isso, nessa idade, muitos homens conseguem continuar transando depois do orgasmo, sem interromper a transa. Esse tempo de descanso, chamado período de latência, vai ficando maior com a idade. "Por volta dos 40 anos já é de 10 minutos em média", diz o diretor médico do laboratório Pfizer, fabricante do Viagra, João Fittipaldi. Muitos caras jovens usam remédios para disfunção erétil como recurso para diminuir esse intervalo. Ou para se livrar do efeito "meia bomba" provocado por questões emocionais. "O consumo dessas pílulas por homens com menos de 40 anos é mais comum entre os inseguros e que sofrem de baixa auto-estima", diz a coordenadora do Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo Carmita Abdo.


Tamanho é documento?

A vagina é bem mais sensível em seu primeiro terço, próximo à entrada, onde há maior concentração de nervos. Por isso, a ginecologista e terapeuta sexual Mariana Maldonado explica que grande ou pequeno é uma questão de compatibilidade ou de gosto. "Garotas de vagina muito rasa podem ter dificuldade de transar com homens de pênis acima da média", diz. Às suas pacientes que enfrentam esse problema, ela recomenda a posição em que ficam por cima do namorado. "Assim é mais fácil manter o controle da profundidade da penetração." Reza a lenda... que os sujeitos de pênis pequeno são melhores amantes do que os bem-dotados. A explicação é que, por terem vergonha de suas credenciais, eles caprichariam mais nas preliminares.

Tamanho é documento?


Curiosidades e superpoderes

Ponto G
Ele existe! A glande, ou cabeça do pênis, é sua parte mais sensível, por ser superenervada e envolta por uma pele vermelha e fina, a mesma que reveste mamilos e lábios.

Bomba do prazer
No geral, quanto mais excitado o homem está, maior a velocidade e a força com que ele expele o sêmen. "O pênis funciona como uma bomba ejetora".

O volume de líquido liberado no gozo também é um indicador de que o orgasmo foi bom (mas, atenção: se a pessoa tiver ejaculado outras vezes no mesmo dia, pode não haver o que expelir, pois o reservatório estará vazio). Em média, uma ejaculação libera de 2 a 5 mililitros de esperma (o equivalente a menos que uma colher de sopa).

Superpoderes!
Quando fica excitado, o pênis dobra de tamanho e pode suportar até 5 quilos pendurados sobre ele.
Ejaculações muito poderosas podem arremessar o esperma a até 1,5 metro de distância! Para os primatas, o falo ereto é uma demonstração de poder e de força. Quando se sentem ameaçados, os macacos machos tratam de providenciar uma ereção! Com ela, é como se demonstrassem que estão armados para a briga.


Ciúme do meninão e outros probleminhas

Está com ciúme?
Algumas mulheres ficam incomodadas de saber que o namorado se masturba. "Elas acham que se o sujeito precisa disso é porque não se satisfaz com ela" jacular é uma necessidade orgânica masculina e por isso em geral os homens têm mais necessidade de sexo do que as mulheres. Enquanto nós nascemos com um número determinado de óvulos, eles produzem esperma continuadamente e, por isso, precisam abrir espaço no reservatório para que a nova "carga" caiba. Se não transam ou não se masturbam, o corpo se encarrega de eliminar o esperma durante a noite, por meio da chamada polução noturna (gozo geralmente acompanhado de sonhos eróticos).

Avarias
Apareceu um corrimento intenso, meio amarelado, meio esverdeado, na cueca dele? É sintoma de gonorréia. Se o líquido for uma gota matinal transparente, pode ser clamídia. Pequenas úlceras muito próximas, que juntas dão um aspecto de queimadura ao pênis, são indício de herpes genital. Pequenas verrugas que de perto parecem uma couve-flor indicam a presença do vírus HPV, que na mulher pode causar câncer do colo do útero. Uma ferida grande e isolada é sintoma de sífilis. Os vírus da aids e da hepatite B são assintomáticos antes de a doença se manifestar... O que torna ainda mais necessário o uso de camisinha, sempre!

Ciúme do meninão e outros probleminhas


Apressadinhos de plantão

A Sociedade Internacional de Medicina Sexual (ISSM) define como precoce a ejaculação que ocorre antes da penetração ou em até um minuto depois do início dela. Uma pílula para tratamento do problema, à base da substância dapoxetina, vem sendo pesquisada nos Estados Unidos, mas ainda não tem data de lançamento. Atualmente, os urologistas prescrevem antidepressivos em doses menores para ajudar os mais afoitos. É que esses remédios têm como efeito colateral retardar a ejaculação.

Apressadinhos de plantão

Traição: não deixe acontecer com você

Entenda por que muitos homens traem - e saiba como agir para que seu gato não faça isso com você



Livre de traições

Se um homem trai, ele é cafajeste e a mulher, vítima. Certo? Errado! Beber demais, ser pouco vaidosa e discutir por tudo são algumas das atitudes que toda mulher, segundo ele, deveria evitar.
O outro lado da moeda
Ex-casada, ex-traída e ex-garota de programa, Vanessa de Oliveira, autora de "Ele Te Traiu? Problema Dele!" (Ed. Matrix, R$ 23), já viveu os dois lados da traição e discorda totalmente de Marcelo: "Não ser traída independe da gente. Receber de alguém fidelidade também não tem nada a ver com o fato de ser linda, inteligente e adorável", garante a escritora.

Para a psicóloga Olga Inês Tessari, de São Paulo, na maioria dos casos, tanto o homem quanto a mulher são ao mesmo tempo vítimas e culpados. "Muitas vezes - não todas! - a mulher contribui, sim, para que o homem a traia. E deixar de reconhecer isso a impede de ser uma parceira mais presente nessa ou numa futura relação", diz. Isso, obviamente, não significa que não houve uma "quebra de contrato" por parte do homem.


Livre de traições


Você não é 100% vítima quando...

■ ...menospreza o parceiro, especialmente em relação à sua virilidade, na frente de outras pessoas.

■ ... não sente mais desejo pelo rapaz e se irrita quando ele quer conversar sobre isso.

■ ... só conversa sobre problemas quando está com o gato, deixando de lado o clima de romance da relação.

■ ... agia de um jeito no começo da relação (adorava vê-lo jogar bola, por exemplo) e hoje parece outra pessoa (odeia futebol).

■ ... parou de cuidar da sua aparência, mostrando que não se importa em agradá-lo.

■ ...discute por absolutamente tudo e quer sempre ter razão.

■ ... já tiver traído o companheiro em uma ou mais ocasiões.

Você não é 100% vítima quando...


Se ele for safado mesmo, aí não tem jeito!

"Nenhum homem assume um compromisso com uma mulher já pensando em traí-la", afirma a psicóloga Olga Inês Tessari. Portanto, as dicas acima valem para esse tipo de parceiro - e não para aqueles que traem quase compulsivamente, mentindo para suas companheiras sem qualquer pudor.

O que homens e mulheres pensam sobre traição

"Se aquela gostosa dos meus sonhos me desse bola eu trairia minha namorada. Mas só se fosse algo puramente físico." Solteiro, 24 anos

"Um homem que pula a cerca é um tremendo inseguro, que precisa provar sua masculinidade ficando com outras mulheres." Solteira, 21 anos

"A única coisa que me levaria a trair minha noiva seria uma traição dela. O resto, a gente conversa." Noivo, 27 anos

"Acho que eles traem se sentem falta de sexo. Ou de estar com uma mulher mais atraente." Casada, 31 anos

"Relação que caiu na rotina, intolerância, reavaliação do sentimento que nos mantém juntos... Essas coisas abrem espaço para a traição.

Por que os homens traem?

Seis depoimentos sinceros (até demais) que vão abalar suas convicções sobre os motivos por trás da infidelidade masculina. E vão ajudá-la a descobrir se ele cairá em tentação



A lógica da traição

Desde 1998 a antropóloga e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Mirian Goldenberg entrevista homens e mulheres para uma pesquisa ampla sobre infidelidade. Já foram ouvidas 1 279 pessoas e 60% dos homens confessaram-se adúlteros (e sabe-se lá quantos não tiveram coragem de contar à professora).

Todas as desculpas, das mais nobres às mais esfarrapadas, são invocadas para explicar esse alto índice. Alguns estudiosos culpam a testosterona, o hormônio masculino da agressividade (e da conquista). Outros afirmam que o sexo com diversas parceiras contribui para a perpetuação da espécie de qualquer ser vivo, e não apenas do homem, motivo pelo qual a monogamia é rara e até antinatural.

"Existem muitas razões para a infidelidade e todas passam pela necessidade de provar algo a si mesmo", acredita Oswaldo M. Rodrigues Jr., diretor do Instituto Paulista de Sexualidade. "Alguns homens aprenderam que, para se sentirem machos, precisam trair." Para o psicanalista carioca Olivan Liger, ainda há resquícios de patriarcalismo nas relações - que resistem apesar de todas as conquistas femininas. "O compromisso do homem continua sendo com a capacidade de prover, não com o sexo. Há uma demanda quantitativa por conquistas sexuais."

Para os homens que ouvimos nesta reportagem, toda essa teoria tem outros nomes: tesão, novidade, mulher que não se cuida (sim, pasme!), instinto de caçador. Alguns, porém, seguram a onda, resistindo bravamente à traição.

A lógica da traição


"Os homens traem muito. E sabem de quem é a culpa? Das mulheres. Quando se sentem donas do pedaço, elas se acomodam, descuidam da gente e delas mesmas. Traí várias vezes minha primeira mulher. Nos primeiros seis anos de casados, ela era diferente: cuidava de nós e sabia ser esposa, namorada e amante. Eu não pensava em traição. Nos últimos dois anos, depois do nascimento do nosso filho, virou uma mãezona, cheia de não-me-toques.

Fisicamente, também mudou, como todas as mães: vem a barriguinha, o peito cai... Isso é normal; o problema é que a qualidade do sexo também caiu. Tentei conversar, mas não adiantava. Aí passei a procurar outras mulheres. O primeiro caso durou um ano, mais ou menos. Aliás, fico no máximo dois anos com uma amante, senão vira relacionamento sério e ela começa a falar em casar.

Minha ex nunca soube, porque eu não deixava pistas. Não me arrependi, sabe por quê? Porque a culpa era dela. Agora estou casado há 13 anos e não traio. Não vejo necessidade."


"Morro de medo da minha mulher descobrir"

Gustavo*, 38 anos, Bancário, casado há 20 anos, uma filha

"Eu já traí e foi muito ruim.Descobri que não fui feito para a traição, porque fico remoendo a culpa. Aconteceu antes de eu me casar, quando ainda namorava minha mulher. Eu estava na maior farra bebendo com uns amigos e, do outro lado do bar, uma garota não tirava o olho de mim. Ela era bonita, mas nada demais - só que me encarava muito. Começou aquela troca de olhares. Aí ela veio para a minha mesa e não deu para resistir. Fomos para a cama sem camisinha.

Quando acabou, bateu o maior arrependimento. Fiquei numa paranóia. Deixei passar um tempo e fiz o teste de aids. Não contei nada a minha namorada, que era tão bacana e doce. Para falar a verdade, a noite de prazer não compensou a culpa que carreguei depois. Estamos juntos há 20 anos e eu ainda sou apaixonado por ela, apesar de brigarmos muito. Enfrentamos altos e baixos, mas eu não voltei a traí-la. Até tive vontade e oportunidades: tudo está mais fácil, as mulheres mais atiradas, só que sempre chego à conclusão de que o crime não compensa.

Fico pensando na reação da minha mulher se descobrisse uma traição: me botaria para fora de casa e faria a cabeça da minha filha contra mim. Eu não conseguiria ficar sem minha rotina de casado. Para mim, traição é um momento idiota. Você pode pôr um monte de coisas legais a perder."

* Nomes trocados para preservar a identidade dos entrevistados





"Não vejo graça em trair"

Sandro Torres, 33 anos, publicitário, casado há nove anos, dois filhos

"O mundo contemporâneo é moldado pelo consumo; consumir a beleza, por exemplo, faz parte da lógica deste mundo. Uma mulher não vai à academia, trata o cabelo e usa maquiagem para ser percebida intelectualmente. A imagem é para ser consumida. Ela quer se sentir desejada. Posso achar uma mulher bonita e interessante, até desejá-la, mas nunca cedi à tentação de trair. A infidelidade só existe se o limite da imagem é ultrapassado, e eu nunca deixo que aconteça.

Claro que nem sempre é fácil. Sou professor universitário e relativamente jovem, então é natural que seja assediado. Faz bem para o meu ego, mas levo tudo na brincadeira. Algumas coisas estão bem claras na minha cabeça. Uma delas é não fazer a alguém o que não gostaria que esse alguém fizesse comigo. Respeito muito a Ana Paula e pretendo ser respeitado por ela. Quando alguém me diz: 'ah! aconteceu!' ou 'foi só uma vez...', entendo como desculpa esfarrapada. Sei que a coisa é mais complexa, porém, definitivamente, creio que não existe 'desta vez eu não consegui evitar', e sim 'desta vez eu quis'.

Ainda que goste da Ana, acho que a fidelidade é um princípio de vida e independe de quem seja minha mulher. Se ela não merecesse minha fidelidade, eu me separaria dela. Antes de ser fiel à minha esposa, tenho que ser fiel a mim mesmo. Vários colegas meus se vangloriam de suas escapadinhas. Para mim, é pura auto-afirmação. Pode parecer presunção, mas sou feliz assim."


"Eu trairia, mas quando?"

Luiz Araújo, 40 anos, cinegrafista, casado há oito anos, sem filhos

"Eu nunca traí, mas já senti vontade de sair com outra mulher. Não me sinto culpado por isso. Acho que me sentiria se tivesse concretizado o desejo. Mas ficou só na vontade e, como se diz por aí, vontade dá e passa, e eu sempre deixo passar.

Nunca contei a minha mulher sobre essas fantasias. Até porque eu acho que é humano ter tesão por outra. É saudável também dar uma paquerada. Nunca fui além disso por uma série de fatores. Há a questão da ética, que é muito forte em mim, de ser fiel. Também falta tempo. Trabalho o dia todo, tenho horários rígidos e muitas cobranças profissionais. Às vezes fico cansado e sem tempo até para sair e namorar a minha mulher.

Uma amante deve custar caro, tanto em termos emocionais como financeiros. É preciso ter tempo e dinheiro. Eu não sei como minha mulher reagiria se descobrisse que foi traída. Temos uma relação legal, eu a adoro e estou sempre ligando para ela. Trair, para mim, seria apenas uma questão de sexo, de atração. Amor eu já tenho e estou feliz. Sei que sou minoria. Não tenho muitos amigos como eu, mas tudo bem."


"Domino meus desejos"

Marco Aurélio Alvarenga, 39 anos, jornalista, casado há 14 anos, uma filha

"Não dou chance para que a traição aconteça. Como não sou de sair muito, fica mais fácil. Nunca fui assediado diretamente por nenhuma mulher. No máximo levo algumas cantadas sem muito fôlego. Uma vez, uma estagiária cismou comigo, mas não houve cerco fechado, só flerte.

O segredo é não dar seqüência e deixar o assunto morrer. É aquele velho ditado às avessas: quem não procura não acha. Meus amigos nunca acreditaram muito na minha fidelidade, acham uma aberração. Mas eu também não me esforço para convencê-los. Sou e pronto. Não sei até quando, só sei que por enquanto eu sou. Não dou conselhos nem tento catequizar ninguém. Cada um sabe o que vale a pena arriscar.

Tenho uma grande mulher e amiga e, por tudo que passamos juntos, nada me assusta mais do que a possibilidade de decepcioná-la. Fidelidade para mim não é nenhum sacrifício, tampouco exige policiamento. É mais uma conseqüência do meu estilo de vida. Já me senti atraído por outras mulheres. É inevitável, mas é controlável. Eu sempre dominei meus desejos."


"Não consigo evitar"

Fernando, 34 anos, músico, solteiro

"Acho fundamental que a mulher seja fiel. Eu também deveria ser, mas é impossível. A traição é uma espécie de vício. Não consigo me controlar. Tenho uma verdadeira compulsão para conquistar, adoro novidade. Só não termino meu relacionamento 'oficial', que já dura praticamente quatro anos, porque gosto da minha namorada: os meus casos, em geral, são passageiros.

Algumas vezes, um ou outro fica mais sério, o que me traz problemas. Administrar vários relacionamentos simultâneos sempre é difícil. Nas festas de fim de ano, por exemplo, preciso escolher com qual ficar. A solução é colocar a culpa na profissão: digo que tenho shows a fazer para escapar das cobranças. Chego a contar uma história triste, reclamo que estou chateado, mas não posso perder a oportunidade de trabalho. Sabe que até chorei para convencer uma namorada? Já tive três ao mesmo tempo, cada uma em um estado. O problema é pagar as passagens aéreas e a conta de telefone.

Sei que estou errado, que minha namorada não merece, mas uma só não dá. Como diz um primo meu, nós gostamos da caça. Não sei por quanto tempo vou levar essa vida, mas de uma coisa tenho certeza: jamais aceitaria uma traição da parte dela."

As melhores posições

A gestante pode ficar confortável durante o sexo e ter mais prazer



O ideal é que o pênis não penetre na vagina com tanta profundidade, o que pode causar um certo desconforto na mulher".

>> O homem deita-se de lado e a mulher passa as pernas por cima dos quadris dele. Ela apóia os braços em um dos ombros e nas pernas de seu companheiro

>> Os dois deitados de lado, com ela de costas para ele. As pernas e os quadris se encaixam. Se ele segurar carinhosamente a barriga dela, melhor ainda

>> O homem fica deitado e a mulher se senta de frente para ele. É a maneira preferida das grávidas, pois permite a elas conforto para transar até os últimos meses de gestação

Sexo na gravidez

É possível manter uma vida sexual ativa e cheia de prazer durante os nove meses de gestação. Tire suas dúvidas sobre sexo na gravidez



Posições confortáveis garantem uma vida sexual ativa e prazerosa durante a gravidez


As transformações físicas no corpo da mulher podem atrapalhar na hora da transa, mas, com algumas adaptações, é possível conseguir o mesmo prazer que o casal encontrava antes de a barriguinha crescer. A obstetra paulistana Míriam Ben Lulu ressalta que a gravidez não é uma doença e o ato sexual nesta fase é algo completamente natural. "Não existe risco de ferir o bebê, ele fica protegido dentro da bolsa. Além disso, durante a penetração, o pênis não alcança o útero", explica.
Cuidados especiais

A relação é uma atividade física que melhora o fluxo sanguíneo no útero e na vagina, fortalece a musculatura pélvica e prepara a região perineal para o parto.

A médica Míriam Ben Lulu recomenda que, depois do sétimo mês, a gestante passe por uma avaliação médica para verificar se não há nenhum problema. "Há pacientes que durante o orgasmo têm contração uterina. Na gravidez essa contração fica mais intensa, o que aumenta o risco de entrar em trabalho de parto prematuro", orienta. Além disso, a higiene é muito importante. "Toda mulher grávida deve tomar um banho antes e depois do sexo", ensina.

O terapeuta sexual Oswaldo Rodrigues Junior, do Instituto Paulista de Sexualidade, aconselha os casais a experimentar todas as posições possíveis, até descobrir a que mais se adapta aos dois. "Qualquer momento a sós pode ser transformado em uma ocasião erótica, como tomar banho juntos ou brincar na cama", diz o terapeuta

Os medos não existem apenas na cabeça das mulheres. Muitos homens associam a esposa à figura materna, perdendo o interesse pelo sexo. Outros sentem-se rejeitados nesse período.

O ideal é que o casal converse bastante e faça aquilo que for mais prazeroso para ambos. Isso significa continuar a transar normalmente, ou dar um tempo.
E quando o bebê nasce?

A especialista Míriam Ben Lulu diz que é bastante comum a mulher se sentir fragilizada depois de dar à luz. "Como ela não se acha sexualmente atraente, é muito importante ter o apoio do parceiro. Assim, poderá perceber que essa fase é passageira."

Também existem os quarenta dias de resguardo, independentemente de o parto ter sido normal ou cesariana. Esse é o tempo necessário para o corpo da mulher cicatrizar. Mas o casal pode retornar às atividades sexuais através do sexo oral e da masturbação.

Sexo na gravidez

Sexo Anal: 11 respostas esclarecedoras

Respondemos as perguntas mais comuns sobre sexo anal



Sexo anal: Fantasia masculina

O sexo anal faz parte da fantasia de muitos homens. Já as mulheres se dividem em três grupos quando falam sobre esse tema: as que detestam e não fazem de jeito nenhum, as que fazem apenas para satisfazer o parceiro, e as que gostam - mas nem sempre assumem.

Muitas vezes, o que faz as mulheres fugirem dessa prática sexual é apenas o desconhecimento. "O sexo anal é, provavelmente, o maior tabu sexual existente na nossa sociedade. Há pessoas que simplesmente não aceitam", explica o sexólogo Celso Marzano, no livro O Prazer Secreto (ed. Éden).

Confira as dúvidas mais comuns sobre o assunto e descubra como praticá-lo sem dor, sem culpa e sem riscos para a saúde.

Fantasia masculina


1. Por que o sexo anal é uma das fantasias favoritas dos homens?

Primeiro, porque a negação da maioria das mulheres estimula o desejo sexual masculino. Além disso, o ânus é mais apertado que a vagina. Isso pode proporcionar uma sensação mais prazerosa ao homem.


2. Qual é a melhor posição para o sexo anal?

É sempre aquela em que os parceiros se sentem bem. Uma sugestão confortável é a posição colherzinha, de lado. Ou com a mulher por cima, controlando a penetração. A posição de quatro é a menos indicada: uma penetração profunda pode causar dor ou machucar a mulher.

3. O que eu faço se sangrar durante a penetração?

Isso não é comum, mas se a penetração for feita com pouca lubrificação, pode causar ferimentos na região. Nesse caso, interrompa a relação sexual imediatamente. Se o sangramento não parar, procure ajuda médica. Evite esse tipo de problema com bastante lubrificante.


4. Ele só quer sexo anal. É um problema?

A busca por formas diferentes de prazer sexual é natural. Mas fique atenta se seu parceiro só quer fazer sexo anal e quando você propõe outras variações ele fica ansioso. Pode ser um sinal de que ele tem um distúrbio chamado parafilia, que é a fixação em um só tipo de excitação sexual.


5. A dor no sexo anal costuma diminuir com o tempo?

A dor geralmente é provocada pela ansiedade ou pelo medo. Quase sempre ela aparece por falta de técnica adequada, pressa, pouca lubrificação e não-relaxamento do ânus. Com o tempo, a prática e a segurança nessa posição sexual, o incômodo tende a desaparecer.


6. É mais fácil pegar alguma doença pelo sexo anal?

Sim. E não só pegar, mas também transmitir doenças sexualmente transmissíveis (DST) para o parceiro. É mais fácil surgirem lesões no ânus e no pênis durante esse tipo de relação. Além disso, o intestino absorve os vírus com mais facilidade do que a vagina. Por isso, o uso da camisinha é indispensável.


7. Se eu tiver hemorroidas, devo evitar o sexo anal?

Não é necessário evitar, desde que você tome cuidado durante o ato sexual. Mas se as hemorroidas forem grandes ou estiverem inflamadas, é melhor optar por outra forma de prazer.


8. Dá pra ter orgasmo fazendo sexo anal?

Sim. O ânus não tem terminações nervosas específicas para aumentar a excitação até atingir o orgasmo. Mas, pela fantasia, pela masturbação e pela entrega de corpo e alma, você pode!


9. Pensar em sexo anal indica que meu parceiro é homossexual?

Não. O sexo anal é uma fantasia entre homens de qualquer orientação sexual. A homossexualidade consiste no desejo por pessoas do mesmo sexo. Nada a ver.


10. Em que casos não se deve fazer sexo anal?

Só para agradar o parceiro (sugira outra posição). Quando há hemorroidas inflamadas ou feridas no ânus. E, claro, quem não se sente à vontade.


11. Como obter prazer no sexo anal?

A região anal proporciona prazer porque é uma zona erógena. Mas como não tem lubrificação natural, algumas veias da entrada do ânus podem se romper com a penetração, provocando sangramento e dor. Para evitar isso, use um bom lubrificante, confie no parceiro e relaxe a musculatura na hora da penetração.

a pergunta abaixo foi feito pelas leitoras. deixe sua resposta em forma de comentario

qual as melhores posições para sexo anal?

O que fazer quando eles falham

Entenda por que isso acontece e saiba como agir quando seu amado não der conta do recado



A primeira vez a gente não esquece

Na primeira vez que a falha técnica aconteceu, Cíntia Baptistella ficou assustada. Achou que o dito-cujo do cara com quem estava saindo não entrava em ação porque o sujeito não sentia tesão suficiente por ela. Tentou ressuscitá-lo com sexo oral, mas não adiantou: a situação só foi piorando. Desistiram. Ele, muito envergonhado, ela, encanada.

Na época, Cíntia tinha 16 anos. Passados nove anos e mais três brochadas de diferentes parceiros, a assistente administrativa encara esse tipo de situação com muito mais tranqüilidade. Ela diz que, com a sabedoria de hoje, teria agido de forma diferente naquele momento inaugural.

"Nessas horas, insistir no sexo só aumenta o constrangimento", diz. "Brochadas acontecem com mais regularidade do que se imagina e com o tempo a gente vai aprendendo a sacar os motivos. Assim fica mais fácil saber como reagir."

A primeira vez a gente não esquece


Homens que falham

Segundo estatísticas médicas, metade dos homens do planeta vai falhar na hora H, pelo menos uma vez na vida. As razões para o problema são variadas e na maioria das vezes não têm nada a ver com falta de desejo pela pessoa que está ao lado.

A ansiedade é a principal vilã nesta história. Qualquer circunstância que gere um alto grau dela pode fazer com que o melhor amigo do homem fique acanhado, tímido. Tanto que muitas brochadas são, na verdade, declarações de amor.

Quando um sujeito se apaixona por uma mulher, é supercomum que ele se preocupe tanto em demonstrar potência a ponto de seu empenho acabar gerando efeito contrário, ou seja, impotência. "A ansiedade libera adrenalina, hormônio vasoconstritor que impede o fluxo de sangue para o pênis, deixando-o flácido", explica o urologista Sidney Glina.

Homens que falham


Por que eles falham?

Há alguns momentos típicos de ansiedade: na primeira transa com alguém importante, no sexo com mulheres dominadoras ou quando o homem resolve encarar uma posição exótica na qual fica pouco à vontade.

O estresse e as preocupações do dia-a-dia também podem causar perda de ereção. "Se um cara vai para a cama e não consegue se desligar dos problemas do trabalho, isso com certeza afeta seu desempenho", diz a sexóloga Laura Müller. E, lógico, se o relacionamento do casal vai mal, a escalada peniana para o alto e avante pode ser prejudicada.

Além das causas emocionais, há fatores orgânicos que causam impotência: uso de drogas, de antidepressivos, de anti-hipertensivos (remédios para pressão) e de hormônios. Excesso de álcool ou de cigarro também são inimigos do esplendor peniano. Qualquer que seja a causa, se a perda da ereção persistir, o dono do pênis deve procurar um urologista ou um psicólogo (quando a origem do problema é emocional).

Por que eles falham?


Dicas de como reagir

Mas, o que fazer no decorrer da situação frustrante? Em primeiro lugar, lembrar que falhar é normal e, ora, bolas, acontece mesmo de vez em quando. Deixar o egoísmo de lado e dar uma força para o parceiro, claro. Se o episódio é embaraçoso para você, é ainda pior para ele. O jeito então é relaxar e não dar muita importância ao fato.

Que tal considerar o momento como um amasso gostoso em vez de rotulá-lo como uma transa malsucedida? Engate um papo, sirva uma bebida, deixe o clima desanuviar... e lembre-se das nossas dicas antibrochada para as próximas vezes:

1. Insistir para que ele tenha uma ereção só deixará o moço mais nervoso (e/ou irritado, frustrado, desesperado).

2. Evite ir ao motel no primeiro encontro se¬xual, porque o lugar remete os homens à idéia de que "tem de subir de qualquer maneira". Prefira a sua casa, ou a dele. Assim, a consumação do ato não fica pairando no ar como obrigatória e tudo pode rolar com menos ansiedade, no tempo certo.

3. Se ele brochou na primeira transa, as coisas podem piorar nas próximas. A lembrança da tentativa frustrada e o medo de o pênis não funcionar de novo dificultam a ereção. Você pode propor um joguinho: ficar brincando na cama, sem necessidade de penetração. Diga: "Se rolar, rolou, se não, tudo bem, sem neuras".

4. A brochada foi inevitável? Então, saiba dosar seu carinho e apoio moral. Não exagere, tratando-o como um coitadinho. Também não faça piadas porque, para os homens, brochar não é engraçado. O melhor é demonstrar que, apesar da falha, continua interessada nele.

5. Se seu parceiro fica pouco à vontade para transar em lugares públicos ou em posições exóticas, não force a barra.

Dicas de como reagir

Alimentação na gravidez

Basta receber a notícia que um bebê está a caminho para as dúvidas pipocarem: “Como sei que estou ingerindo todos os nutrientes esperados? O que fazer para não engordar além da conta?


A gravidez é um bom momento para criar hábitos saudáveis. Pois o bebê depende da sua alimentação. Mas tão importante quanto a nutrição do pequeno é preparar o seu organismo para a maratona que vem pela frente: suportar as poucas horas de sono e a atividade intensa nos primeiros meses com um recém-nascido exige muita disposição mental e física. “A melhor maneira de passar por essa fase é se alimentar bem durante e após a gestação”, aconselha a ginecologista, obstetra e professora da Faculdade de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, Hope Ricciotti, autora de O Livro de Receitas da Grávida Saudável (Editora Publifolha).

Para a obstetra, comer bem significa manter uma dieta diversificada e equilibrada. “O recomendável é ingerir de 50 a 60% das calorias diárias na forma de carboidrato, de 25 a 35% em gorduras e 20% em proteínas”, explica. O cálculo não é exato e nem requer da gestante uma contagem das calorias ingeridas. “O importante é manter, durante a semana, a proporção dos grupos alimentares”, conta Hope.

Estima-se que durante a gestação são necessárias cerca de 200 calorias a mais por dia, número que pode variar de acordo com o nível de atividade física da futura mãe. Mas não se preocupe em contá-las. Segundo a médica, bom senso e atenção são suficientes para garantir uma alimentação para lá de saudável e, consequentemente, o ganho de peso dentro dos padrões.

Masturbação: um guia completo do prazer feminino

A masturbação é um dos caminhos mais práticos para atingir o orgasmo. Preparamos um guia para você aprender a se dar prazer sozinha ou acompanhada...



1. Prepare o seu corpo
Respire fundo, relaxando os pulmões para a aceleração que eles estão prestes a enfrentar. Aproveite para alongar-se. Isso ajuda a liberar as tensões para uma masturbação mais tranquila e descontraída.

2. Fantasie
O momento é seu: crie, extrapole, ouse! Não coloque barreiras na imaginação. Pense no seu chefe, no ator da novela, no vizinho... Nesta hora não há preconceitos ou limites, só a certeza de que tudo sairá do jeito que você gosta.

3. Livre-se da vergonha
Conhecer o corpo significa ficar mais à vontade consigo mesma. E, consequentemente, se sentir mais confiante na cama. Percorra com as mãos seios, mamilos, barriga e pêlos pubianos. Vá com calma e desvende-se!

4. Chegue ao clitóris
Use os dedos para percorrer toda a vagina: pequenos e grandes lábios, o canal e, claro, o clitóris. Sabia que esse pequeno órgão é a única parte do corpo feminino que existe exclusivamente para dar prazer? Então... aproveite!

Dica:
O toque deve ser repetitivo. Agora, a intensidade e o ritmo dependem de você!

Masturbação passo a passo


Você sabia que a masturbação...

● Alivia tensões
● Combate o estresse
● Estimula o bom humor
● Trabalha a musculatura da região pélvica
● Melhora o sono
● Alivia dores de cabeça e cólicas menstruais
● Não modifica o corpo
● Ativa a circulação sanguínea
● Não vicia
● Não é sinal de homossexualismo
● Não substitui uma relação sexual com parceiro
● Não altera o ciclo menstrual e os níveis hormonais


O parceiro também pode participar

Sim, seu prazer está garantido, mas nada impede que o gato também faça parte desta farra deliciosa. Durante as preliminares, tome as rédeas da transa e coloque-o na privilegiada posição de observador. Então, comece a se tocar enquanto olha nos olhos do felizardo. Depois, entregue-se sem vergonha ao prazer. Isso se o rapaz não se juntar a você antes!

O parceito também pode participar


Cuidado!

Acessórios são muito bem-vindos, desde que não comprometam sua saúde! Não coloque em seu corpo objetos pontiagudos, afiados ou quebráveis. Nunca introduza na vagina o que retirou do ânus e sempre cubra o objeto com um preservativo, já que certas bactérias podem levar até mesmo à esterilidade!

Como saber se estou grávida, mesmo tento sintomas de menstruação?

Os sintomas da gravide sao parecidos com os sintomas da menstruaçao, portanto se o teste deu positivo,mesmo colocando mais urina entao vc esta gravida, porq ele detecta a presença do estrogeno e progesterona qu sao os hormonios da grvidez, entao se deu positivo é porq vc esta com estes hormonios, e outa atraso de 10dias flor..por favor né..corre logo pra marcar um pré-natal..


Olha querida pra ser sincero com você,se o teste deu positivo não resta dúvida,pois é raro acontecer de teste dar positivo não sendo gravidez é bem mais fácil o teste dar negativo sendo que a mulher está grávida,isso é comum,qualquer dúvida pode me adicionar que te esclareço com mais detalhes,tenha uma noite cheia de paz e harmonia


Seios doloridos, cólicas, alteração de humor, azia também são sintomas de gravidez. Se vc fez o teste e deu positivo considere-se grávida. Procure um médico imediatamente e faça novos exames.

bom se o de farmácia deu positivo
parabéns vxe vai ser mamãe
o de farmácia não tem essa de falso positivo
e não muda nd ter enchido o potinho inteiro
+ só por precaução fasa o beta hcg
Boa sorte


Parabéns vc será mamãe.. eu acho que vc deve estar gravida mesmO.. pq encher o potiinho de xixi naum altera em nada no resultado.

procure ginecologista...


Meu anjo, com certeza está grávida.
O que poderia acontecer nesse caso é dar um falso negativo como usou errado o produto, mas se deu positivo está grávida sim
Não existe falso positivo, esse teste é determinado pelo nível de hcg na urina, se deu positivo é porque está alterado portanto grávida.




TESTES DE GRAVIDEZ
FARMÁCIA E O BETA HCG
Existem diversos testes de gravidez, e todos visam detetar a presença da hormona HCG (hormona gonadotrofina coriónica). Esta hormona é produzida na placenta, pouco depois da fixação do embrião na parede do útero. Depois do teste de gravidez à urina, o beta HCG ao sangue é o mais comum. Resumindo, existem 2 tipos de testes que poderá fazer para saber se está grávida: à urina e ao sangue.

O teste da urina pode fazê-lo em casa, e a sua margem de erro é mínima, mas um teste de sangue terá de o fazer num laboratório de análises.

Ambos os testes ao sangue e à urina têm a função de detetar o nível da hormona HCG. A diferença entre ambos é que o teste da urina apenas indica se está grávida ou não, enquanto o exame ao sangue poderá indicar em que estágio da gravidez se encontra, através da variação do valor indicativo entre 2 exames. Existem 2 tipos de testes beta HCG: o qualitativo que é mais um teste sim ou não (uma espécie de teste à urina) e o quantitativo que facultará um número.

Muitas mulheres têm muito pouca quantidade de HCG nas diversas fases do ciclo menstrual, mas para considerar uma mulher grávida terá de existir um certo número mínimo de hormona HCG. Este valor poderá variar de laboratório para laboratório, mas no geral um valor acima de 5 é considerado positivo.

a pergunta abaixo foi feito pela leitora Amanda, deixe sua resposta em forma de comentario

Como saber se estou grávida, mesmo tento sintomas de menstruação?

Então faz dez dias que minha menstruação está atrasada, mas tenho os sintomas que tenho todos os meses antes de menstruar, meios seios estão inchados e doloridos( mas isso acontece todo mês) , tenho colicas e sinto uma alteração de humor. A unica diferença é que estou com azia. Meu cilclo costuma ser regulado por tanto o meu periodo fertil seria do dia 16 ao dia 21. Fiz um teste de farmácia e deu positivo só que fiz ele errado enchi todo o potinho com urina e tinha que ser dó até a metade.Isso muda alguma coisa? Será que estou realmente grávida? por favor me ajudem!!

Falta desejo sexual na sua vida? Resolva já!

Confira 9 lições simples para recuperar o desejo sexual e colocar fogo nos lençóis




Falta de desejo sexual: um problema comum

De cada três mulheres brasileiras, uma tem problemas para chegar ao orgasmo. Se você também sente dificuldades para atingir esse ponto máximo de excitação, já sabe que não está sozinha.

A médica ginecologista Flávia Fairbanks, especialista em sexualidade humana, explica que há muitas causas diferentes para a falta de orgasmo em algumas mulheres. "Pode haver questões psicológicas, como trauma de infância, histórico de abuso sexual ou educação rígida", diz a especialista.

"Outros fatores podem ser o uso de drogas, o consumo de álcool e a presença de problemas de saúde." Felizmente, dá pra vencer estas barreiras com as técnicas que mostramos abaixo. Veja quais são e batalhe - com paciência e persistência - pelo seu prazer.

Falta de desejo sexual: um problema comum


1. Conheça seu corpo

De acordo com os especialistas, é fundamental que a mulher conheça o próprio corpo para conseguir sentir prazer. Uma maneira de eliminar as travas é se acariciar durante o banho. Aproveite a espuma e alise nuca, seios, barriga, coxas... Quando se sentir à vontade, passe para a área genital. Dia após dia, você vai perceber quais são as regiões do corpo que mais te deixam excitada.

1. Conheça seu corpo


2. Perca a timidez

Foi-se o tempo em que a mulher tinha de ser recatada até com o marido. Mesmo assim, ainda há casais que não vivem uma intimidade verdadeira. Talvez você tenha recebido uma educação rígida e não consiga se entregar ao sexo sem pudores. Isso dificulta o orgasmo. Tente ampliar a intimidade com o companheiro, indo além um pouquinho a cada dia.

2. Perca a timidez


3. Revele seus desejos mais loucos

Você acha que seu parceiro não acerta muito nas carícias? Se a ideia é abrir caminho para o orgasmo, você precisa ser tocada nos lugares certos, de um jeito gostoso, que te dê vontade de fazer amor. Converse com seu parceiro e explique como gostaria que ele te tocasse durante o sexo. Diga com jeitinho o que deseja, por mais que ache suas fantasias uma loucura. Afinal, ele não é adivinho!


4. Só faça com vontade

Nunca vá para a cama sem vontade. Uma relação sexual por obrigação não tem como ser prazerosa. Os dois precisam querer sentir e dar prazer, porque o sexo não é uma via de mão única só para o benefício do homem. Entre no jogo erótico somente quando sentir desejo. Isso é meio caminho andado para obter prazer. Recuse a penetração se não estiver lubrificada e prontinha para o ato.

4. Só faça com vontade


5. Explore seu ponto "sensível"

Esse ponto, chamado clitóris, fica na junção dos pequenos lábios - cerca de 2 cm acima da uretra, o canal por onde sai a urina. A maioria das mulheres - mesmo as mais realizadas na cama - só consegue atingir o orgasmo com a estimulação direta dele. Experimente friccioná-lo (é uma delícia). Isso pode ser feito por seu parceiro ou por você mesma.


6. Libere as fantasias

Você sente um calorão quando vê seu cantor preferido ou o galã da novela das 21h sem camisa? Então, pense nele na hora H e sinta a excitação crescer. Ninguém precisa saber, só você! As fantasias sexuais são normais e não devem ser bloqueadas. Além do mais, imaginar-se com outra pessoa é um recurso muito usado pelos homens durante a transa. Você também pode fantasiar!

6. Libere as fantasias


7. Transe para se divertir

Não fique com a ideia fixa de ter um orgasmo. Assim, é pouco provável que você consiga. Na cama com seu amor, tente curtir as sensações agradáveis que surgem pelo seu corpo. À medida que o prazer aumenta, vá se entregando, sem a preocupação de conseguir chegar ao prazer máximo. O orgasmo é uma consequência, não o objetivo da relação.

7. Transe para se divertir


8. Varie o cardápio

Pare e pense: quantas posições sexuais vocês já tentaram? Há muitos jeitos de transar. Se vocês fizerem sempre do mesmo jeito, o sexo pode cair na rotina, dificultando o orgasmo. Inovem! Muitas mulheres dizem ter mais facilidade em chegar ao clímax numa certa posição. Explore várias posições até descobrir a sua predileta.



9. Aceite-se como é!

Vergonha do próprio corpo? Esse é um grande obstáculo ao orgasmo. Se você se preocupa demais com o que seu parceiro pensa do seu pneuzinho ou da sua celulite, não consegue relaxar na cama. Defeitos todos nós temos e, acredite, os homens não prestam tanta atenção aos detalhes. O que importa é o conjunto. Por isso, ame-se como você é!

9. Aceite-se como é!

Tem como saber se estou gravida antes do atraso menstrual?

pode saber pelo indicios (sintomas):· amenorréia: ausência de menstruação. Outras causas possíveis: ganho ou perda de peso, problemas hormonais, tensão, estresse, interrupção do uso de pílulas ou injeções anticoncepcionais.

· mal-estar matinal: náuseas e enjôos, geralmente pela manhã, mas que às vezes duram o dia todo. Acredita-se que seja causado pelo nível elevado da gonadotropina coriônica humana (hCG) no sangue, o alongamento rápido dos músculos uterinos, o excesso de ácido no estômago e uma apuração no olfato. O mal-estar matinal geralmente começa de duas a oito semanas após a concepção. Outras causas possíveis: intoxicação alimentar, tensão, infecção, doença da vesícula biliar e outras doenças.

· sensibilidade e inchaço nas mamas: causados por um aumento nos níveis de estrógeno e progesterona. Raramente, a condição é acompanhada de uma secreção dos mamilos (galactorréia). A sensibilidade das mamas geralmente começa alguns dias depois da concepção. Outras causas possíveis: pílulas anticoncepcionais, início da menstruação, mamas fibrocísticas.

· escurecimento das aréolas, a pele ao redor dos mamilos. As protuberâncias das aréolas (denominadas tubérculos de Montgomery) podem ficar mais proeminentes. Essas alterações ocorrem gradualmente durante as primeiras semanas de gestação, à medida que as mamas se preparam para produzir leite. Outras causas possíveis: desequilíbrio hormonal, gestação anterior, bronzeamento, alterações físicas da puberdade.

· desejos alimentares: causados por alterações hormonais no corpo. Os desejos alimentares costumam ocorrer durante o primeiro trimestre. Outras causas possíveis: dieta insuficiente, estresse, início da menstruação (TPM).

· micção freqüente: causada por um aumento no volume de fluidos corporais e pela pressão do útero em crescimento. Geralmente tem início de seis a oito semanas após a concepção. Outras causas possíveis: infecção do trato urinário, diuréticos, tensão, diabetes, ingestão excessiva de líquidos.

· fadiga: causada pelos níveis elevados do hormônio progesterona e pelo aumento no uso de energia à medida que o feto se desenvolve. Geralmente aparece durante o primeiro trimestre. Outras causas possíveis: tensão, estresse, depressão, dieta insuficiente, gripe, falta de exercício, sono ruim ou falta de sono.

· sangramento: pequenas gotas de sangue de cor rosa ou marrom, às vezes acompanhadas por cólicas estomacais. Causado pela implantação do óvulo no revestimento endometrial. Geralmente ocorre cerca de uma semana depois da ovulação. Outras causas possíveis: início da menstruação, sangramento comum entre os ciclos de ingestão de pílulas anticoncepcionais.

O que devo fazer? (Tratamento)
Faça um teste de gravidez. Estes são os diferentes tipos:

· teste de gravidez caseiro: a maioria destes testes consegue determinar se a mulher está grávida logo no primeiro dia de atraso menstrual (cerca de 14 dias após a concepção). Eles detectam a hCG na urina. Os resultados ficam prontos em cinco minutos. Se o teste indicar que você está grávida, entre em contato com seu médico o mais rápido possível para fazer um exame físico. Os testes de gravidez caseiros são bastante precisos, mas não são infalíveis. Se o teste der negativo e você ainda tiver com sintomas de gravidez, entre em contato com seu médico.

· exame laboratorial: esse exame determina se a mulher está grávida de sete a dez dias depois da concepção. Ele também detecta a hCG na urina. É preciso ir a um consultório médico ou laboratório para fazer esse exame. Os resultados ficam prontos em alguns minutos se o exame for feito no consultório médico. Se for feito em um laboratório, os resultados ficarão prontos no dia seguinte ao da realização do exame. A precisão é de aproximadamente 100%.

· exame de sangue: esse exame determina se a mulher está grávida uma semana depois da concepção. Ele avalia a presença de hCG no sangue. É necessário ir a um consultório médico ou laboratório para fazer esse exame, e os resultados ficam prontos no dia seguinte ao da realização do exame. A precisão é de praticamente 100%.

Fonte(s): Jacir e pesquisas

Pergunta feita por varias leitoras. deixe seu comentario com sua resposta

Tem como saber se estou gravida antes do atraso menstrual?

O que os homens desejam na cama?

Saiba o que eles mais gostam no sexo



Tire suas dúvidas e descubra tudo o que os homens

mais gostam na hora H


Na hora H...

"Vale tudo até onde o outro permitir. Pode ser na praia deserta




"Olhar safado"

"Eu quero uma mulher que goste bastante de variar, que me provoque com um olhar bem safado e que saiba gemer. Se além de tudo ela me amar, melhor ainda!"

Energia sexual

"Não desperdiço energia sexual com muitas: uso com alguém que me entrega essa energia de volta"




Mordidinhas

"Adoro mordidas! Detesto passividade completa, quando a parceira não toma nenhuma iniciativa, sempre fica esperando que o homem faça tudo na cama."

"Eu te amo"

"Eu gosto de mulher carinhosa e que seja, acima de tudo, companheira. No dia a dia e na cama, o que mais importa é a fidelidade, a sinceridade. Na cama, gosto de ouvir palavras de carinho e amor, como 'te amo', 'você é o único homem da minha vida', 'você me dá prazer', 'você me completa'... Sou romântico e gosto de mulher romântica."

Amor

"O sexo é extremamente importante, mas com amor. Precisa ter diálogo, querer ver o sorriso da pessoa, fazê-la se sentir bem..."

Iniciativa

"Gosto das mulheres que vão direto, não ficam beijando a barriga, a perna, não perdem tempo. Ao contrário do que a maioria pensa, homem adora quando a mulher toma iniciativa. Se ela ficar com o corpo numa posição gostosa, melhor. Muitas mulheres ficam em posições feias no sexo oral, pois esquecem que o homem se excita pela visão. Um pecado mortal é quando a mulher não se aninha, não se enrola daquele jeito que só uma mulher consegue fazer."

Ficar de quatro

"O que eu mais gosto é de satisfazer todos os desejos da minha mulher. Se ela tiver prazer, eu atinjo o meu. As melhores posições são quando ela fica de quatro ou em cima de mim. Às vezes, a relação nem precisa demorar muito, mas precisa ser intensa."

Saber dar e receber

"O que há uma boa sintonia entre dar e receber carícias. Esse equilíbrio é a garantia de ter prazer durante uma relação sexual."

Gemer

"Precisa me pegar com força e lamber enquanto me olha nos olhos. Gemer é fundamental, uma boa transa exige 'áudio'. Gosto de massagear os seios, mas quando são naturais - silicone é broxante."

Liberar tudo

"Adoro quando a minha esposa me surpreende com fantasias. Sexo oral, vaginal e anal - gosto de tudo, especialmente na cama, porque é um lugar confortável. Vale também na praia e na escada do prédio..."

Pegar de surpresa

"Gosto do improviso. É muito bom quando, na hora da despedida, acontece uma coisa rápida em algum lugar inesperado - como um estacionamento, por exemplo. É quando os atos e os gestos valem mais do que qualquer palavra. Numa situação dessas, meu desejo pela parceira pega fogo!"

Acordar empolgada

"O melhor sexo pra mim é quando acontece de repente e você não está esperando muito por ele. A gente acorda e a coisa simplesmente acontece."

Calcinha preta sensual

"Gosto de tomar a iniciativa e prefiro dominar a situação. Outra coisa: adoro roupa íntima sensual, branca ou preta. Já lingerie vermelha não dá..."

As melhores posições para atingir o orgasmo

Conheça as posições sexuais que facilitam o prazer da mulher e tenha um orgasmo garantido



Orgasmo garantido

Você sabia que o modo como o sexo é feito faz toda a diferença na hora de alcançar um orgasmo? A posição ideal excita o clitóris e o ponto G, de forma a garantir o êxtase.

"Para chegar lá, as mulheres precisam de estímulos especificamente nesses lugares, mas eles podem acabar sendo deixados de lado na transa", explica a sexóloga americana Carol Queen. Então, varie as posições e transforme essa missão (quase) impossível em uma brincadeira divertida. E quente.

Clitóris e Ponto G
A mulher possui duas áreas que proporcionam muito prazer: o clitóris e o ponto G. O primeiro possui mais de 6 mil terminações nervosas. Quando é devidamente friccionado, garante um orgasmo. Já o ponto G é uma área esponjosa que fica dentro da vagina, numa profundidade de 5 a 7,5 centímetros. Para garantir o estímulo dessa região, é necessário fazer a penetração no ângulo certo.

Orgasmo garantido


Posição 1: Cole no seu parceiro

Essa é uma variação do papai-e-mamãe. Fique com as pernas esticadas e afastadas apenas o suficiente para permitir a penetração. Então, faça seu parceiro erguer o corpo, até os quadris dele ficarem alinhados aos seus. Em vez de movimentos de entra-e-sai, vocês devem se mover juntos para frente e para trás, mantendo sempre o clitóris em contato com a base do pênis. Desse modo, o pênis pressiona o clitóris o tempo todo.

Posição 1: Cole no seu parceiro


Posição 2: Fique por cima

Deite-se por cima do seu parceiro. Depois da penetração, ele deve juntar as pernas ao máximo, e você precisa apoiar-se nele. A idéia é ele ficar lá dentro, apertadinho. Com o corpo colado ao do parceiro e sustentando o peso nas mãos, faça movimentos para cima e para baixo. A vantagem de ficar por cima é ter o controle total da pressão e da freqüência dos estímulos.

Posição 2: Fique por cima


Posição 3: Sente na cadeira

Sente-se no colo do seu parceiro, um de frente para o outro. O principal é que você possa apoiar os pés no chão, já que vai comandar a brincadeira. Experimente movimentos de sobe-e-desce, vaivém, ângulos diferentes, balanço, rotação, fazer o "8" com os quadris. Idéias não vão faltar.

E, para que a penetração seja bem profunda, seu homem deve segurá-la pelo bumbum e puxá-la contra o corpo, como se nunca mais fossem desgrudar um do outro.

Posição 3: Sente na cadeira


Posição 4: Experimente a colher

Deitados de lado e abraçadinhos, puxe a perna de cima dele para entre as suas e, depois da penetração, pressione o seu bumbum contra o seu parceiro. Depois, guie as mãos do seu parceiro até o clitóris e mostre como ele deve tocá-la e excitá-la.

As mãos dele podem explorar seu corpo todo. E você vai ajudá-lo a encontrar o caminho para os pontos que lhe dão mais prazer. Essa também é uma posição confortável, ideal para uma longa sessão de sexo.

Posição 4: Experimente a colher


Posição 5: Tente um cachorrinho diferente

De bruços, ele fica ajoelhado entre suas pernas para penetrá-la. Mas depois que ele estiver lá dentro, deslize o corpo até se deitar. Apóie-se nos braços para receber o peso dele e junte as pernas, prendendo o pênis. Fiquem bem colados para o máximo de contato e façam juntos movimentos para frente e para trás - de preferência, bem devagar. Essa variação do cachorrinho garante contato direto com o ponto G.

Posição 5: Tente um cachorrinho diferente


Posição 6: Cavalgue ao contrário

Seu parceiro deve ficar deitado de costas, com as pernas dobradas e afastadas. Você vai se acomodar sobre o pênis, com muito jeitinho, com as costas viradas para ele (como mostra a ilustração). Depois, é só aproveitar e não esquecer que as mãos dele estão completamente livres para acariciar seu corpo e proporcionar aquela dose extra de prazer.

O ângulo de entrada do pênis nessa posição é perfeito para alcançar o ponto G e garantir a um orgasmo daqueles. Além disso, a penetração por trás sempre dá uma sensação de que a gente está fazendo uma coisa proibida.

Posição 6: Cavalgue ao contrário


Posição 7: Aposte no sobe-e-desce do elevador

Coloque um travesseiro embaixo dos quadris, erga as pernas, separadas, e peça para ele se ajoelhar entre elas e penetrá-la. Apóie os calcanhares nos ombros do parceiro. Nessa posição é você quem tem mais mobilidade. Então, cabe também a você ajustar a posição até sentir que está sendo estimulada como deseja.

As pernas elevadas fazem o sangue fluir para o quadril, o que intensifica as sensações na região. Além disso, nessa posição o pênis aponta diretamente para o ponto G.

Posição 7: Aposte no sobe-e-desce do elevador

Dança do colo: aprenda comigo!

Seis posições de dança para você deixar o seu amor louco de prazer


Antes de começar, você vai precisar de...

. Um nome sexy: escolha uma parte do seu corpo que você queira valorizar e um adjetivo bem picante. Esse será o seu nome de dançarina! ''Bumbum fantástico'', ''Pernas saradas'' ou ''Seios de mel'' são ótimas opções. Na hora da dança, você deve se apresentar com esse nome.

. Um figurino: capriche na lingerie, use salto e um vestidinho que atice o seu amor. Deixe os cabelos soltos e faça uma maquiagem simples com gloss e sombra.

. Um ambiente: providencie uma cadeira firme e com braços para ele sentar. O ambiente deve ter pouca iluminação. Velas ajudam a criar um clima. Você também pode colocar uma música lenta e sensual para embalar o striptease.

É você quem faz o roteiro:
Essas posições são para a dança, não para o sexo. Mas não existe uma ordem de posições definida: alterne cada uma delas de acordo com a sua criatividade e fique à vontade para tirar ou não a roupa quando você achar conveniente. Na dança do colo, é você quem manda. Seu parceiro fica caladinho e só recebe os seus carinhos. Hora de brilhar!


1. Posição básica de provocação

Você fica a pelo menos um metro de distância dele e balança os quadris no ritmo da música. Passe as mãos pelo seu corpo, do jeitinho que ele gostaria de fazer.


2. Garupa

De costas para ele, apoie suas mãos no braço da cadeira ou nas pernas dele. Daí é só se curvar e rebolar muito. Que visão privilegiada!


3. Roçada de seios

O seu quadril deve estar sempre balançando. Aproxime-se dele e apoie as duas mãos na cadeira. Roce os peitos sobre ele e depois os apalpe.


4. Quero colo

Sente-se no colo dele. Deite a cabeça e ofereça o seu pescoço para ele beijar e lamber. Aí é só rebolar e se esfregar bem devagar. Caso ele tente tocá-la, seja firme e o coloque em seu devido lugar.


5. Aos pés dele

Deite-se no chão de barriga pra cima, aos pés da poltrona. Deixe os pés juntos e as pernas retas. Com sensualidade, empine os seus seios e os seus joelhos para ele ver você de um ângulo bem diferente


6. Posição de gatinho

Você engatinha em direção a ele, olhando firme para os seus olhos. Ande como se fosse atingir o ''alvo'' entre as pernas dele. Quando estiver quase lá, volte e acaricie todo o corpo dele com a sua cabeça, como uma gatinha faceira. O tesão dele vai chegar nas alturas.

As posições sexuais que eles mais gostam

Selecionamos oito posições picantes e pedimos para que os homens comentassem sobre elas. Inspire-se e repita uma a uma com seu amado!



Em cima da mesa

Posição:Sente-se sobre uma superfície resistente e passe as pernas por trás do corpo do parceiro.

Opinião dele:"Sensacional! É perfeita para uma rapidinha!

Em cima da mesa

Mãos no chão

Posição:Curve-se e apoie as mãos no chão. Para ficar confortável, dobre um pouco os joelhos.

Opinião dele: "Eu gosto, mas funciona melhor quando os dois têm a mesma altura

Mãos no chão

Intimidade total

Posição:Sente-se sobre o ele e cruze as pernas. Incline um pouco para trás, permitindo a penetração.

Opinião dele: "É ótima, principalmente quando há intimidade com a mulher

Intimidade total

Mulher no comando

Posição:Fique sentada em cima do gato e use as mãos e as pernas para se movimentar.

Opinião dele: "Confortável, além de ser muito gostoso ver a mulher curtir o sexo

Mulher no comando

Domínio dele

Posição:Apoie as mãos e os joelhos no chão, permitindo que o amado a penetre por trás.

Opinião dele: "Traz uma sensação de dominação! É um lance bem animal

Domínio dele

Deitados

Posição:Deite-se com as costas apoiadas. Ele deve vir por cima, se movendo com ajuda dos braços.

Opinião dele: "Não é ruim, mas está batida e a ação fica concentrada nos genitais

Deitados

Em pé

Posição:Fique de frente para o moço, abrace-o e prenda a perna esquerda na cintura dele.

Opinião dele: "É pouco confortável e há a preocupação em não perder o equilíbrio

Em pé

Contra a parede

Posição:O gato deve levantá-la pelo quadril e apoiá-la na parede. Prenda as pernas na coxa dele.

Opinião dele: "Esta posição é bem gostosa, mas exige força e resistência

Contra a parede