dailymotion-domain-verification-bf8367051eadca91-dmebea1o8ssgrxz1l Jacir Holowate: 22 de Agosto de 2010 stat counters

Audiencia do site

domingo, 22 de agosto de 2010

Webroot Desktop Firewall 5.8.0.25

Gratuito
Tamanho: 3,71 MB
33.976 downloads
Sistema: Windows XP/Vista/7
Empresa: Webroot Software

>clique para baixar<

"Proteja o seu computador de ameaças externas com este firewall pago que agora se tornou gratuito!"

Todos os computadores conectados a uma rede e que navegam pela internet, por mais cuidado que se tome quanto aos sites visitados, estão sujeitos a ação de hackers inescrupulosos e da conseqüente infestação de vírus e spywares num piscar de olhos.

Também é certo que antívírus e antispywares de qualidade instalados no computador e atualizados freqüentemente ajudam a contornar esse problema, mas é sempre recomendado que se tenha, também, um firewall de qualidade, para redobrar a proteção e diminuir ainda mais as chances de você adquirir algum item indesejado enquanto navega pelos sites mais variados.

Webroot Desktop Firewall é uma alternativa gratuita para quem deseja proteger o seu computador de ameaças externas sem precisar parar de usar a internet. E, ao contrário dos firewalls integrados aos sistemas operacionais mais recentes da Microsoft, ele se utiliza de um sistema rígido de proteção, para garantir mais proteção a possíveis intrusos.

Com ele, você garante algumas medidas básicas de segurança que ajudam a impedir que certos invasores tomem conta de seu computador, incluindo o monitoramento do tráfego da internet no seu computador (análise dos dados enviados e recebidos pelo PC), a camuflagem da sua máquina na rede para evitar a sua localização por pessoas mal-intencionadas e a prevenção do acesso remoto por cavalos de tróia.

Recursos e vantagens principais

Para proteger o seu computador, este firewall se utiliza de diversos recursos especiais para tornar a sua ação ainda mais eficiente, já que acaba trabalhando em vários níveis de segurança simultaneamente.

Entre esses níveis estão as seguintes medidas: bloqueio a acessos indevidos, monitoramento de processos do Windows e detecção de anomalias na execução dos programas ou do sistema operacional.

Assim, através de recursos simples mas efetivos, o programa é capaz de diminuir algumas vulnerabilidades do Windows dispondo de uma interface simples e muito fácil de usar, que ainda é capaz de se adequar aos padrões individuais de usuários, sejam eles iniciantes ou mais experientes com computadores.

Suporte completo ao XP e ao Vista

Com suporte total às versões Vista e XP do Windows, o Webroot Desktop Firewall foi feito especialmente para incrementar as ferramentas de proteção integradas por padrão a esses dois sistemas, que definitivamente deixam a desejar no quesito segurança.

Deixe seu computador invisível aos invasores

O programa também possui um recurso especial que camufla dados importantes de identificação do seu computador e endereço de IP, o que acaba dificultando a ação de qualquer tipo de invasor. Assim, seu computador fica invisível na rede sem nenhum tipo de complicação.

Termine com qualquer processo duvidoso

Através de um sistema bastante eficiente de monitoramento a toda a atividade executada no seu computador pela rede, o programa permite o bloqueio imediato de processos duvidosos em execução, evitando que até seus programas confiáveis sejam alvo de ações maliciosas

Dessa forma, se você suspeitar de qualquer tipo de atividade incomum, basta bloquear todos os acessos instantaneamente para que a situação seja averiguada.

Proteção sem avisos chatos na tela

Se você não usa um firewall porque já se cansou daqueles avisos repetitivos que aparecem a cada vez que você executa algum programa ou tenta acessar algum site, não há com o que se preocupar usando o Webroot Desktop Firewall, pois ele alerta apenas os processos mais suspeitos. Da mesma forma, você pode definir excessões e adicionar novas restrições.

Facilidade para os usuários mais iniciantes

Se você não consegue se adequar aqueles programas cheios de configurações avançadas, então provavlemente vai gostar desse firewall. Ele trabalha silenciosamente no segundo plano e não exige que você perca a sua atenção constantemente, assim como você não precisa ser nenhum “expert” em computadores para executar as configurações mais básicas. Somado a isso, o programa também conta com uma interface intuitiva e que dá acesso às ações mais importantes objetivamente.

Proteção redobrada contra vírus e spywares

Se utilizado em conjunto com bons programas antivírus e anti-spywares, você vai garantir quase que completamente a segurança do seu computador, pois as atividades desses programas se somam e, assim, transformam-se em soluções muito mais potentes contra os códigos maliciosos que são disseminados pela internet.

Compartilhamento de arquivos e impressoras sem dores de cabeça

Um dos problemas mais comuns enfrentados por usuários de firewalls envolvem as dores de cabeça geradas quando se deseja compartilhar algum arquivo ou mesmo imprimir algum documento através de uma rede. A comunicação entre os computadores de uma rede local são afetados e exigem muita paciência para que a situação seja contornada.

Assim, com este programa você não terá qua presenciar tal tipo de problema, pois ele lhe permite facilmente compartilhar itens pela rede sem precisar expor os computadore aos riscos externos.

Perfis de proteção para cada situação

Com a possibilidade de definir diferentes perfis de proteção ao seu computador, você poderá se adequar perfeitamente à situação em que estiver com apenas um clique, facilitando sensivelmente a vida de quem necessita de mobilidade e segurança para o seu computador.

Dessa maneira, usuários de notebooks podem cirar perfis variados para sua casa, escritório ou para uma viagem, por exemplo.

Como obter a chave de registro

Ao instalar a utilidade, você vai ser requisitado a fornecer uma chave de registro, a qual pode ser obtida rapidamente mediante um cadastro simples e gratuito. Clique aqui para fazer o cadastro no site do desenvolvedor.  

eMule Plus 1.2e

Gratuito
Tamanho: 2,56 MB
8.792.401 downloads
Sistema: Windows XP/Vista/7/98/2000
Empresa: Dmitry Kuchin


"A versão alternativa do programa da mulinha é sensacional em velocidade e facilidades para o usuário."

Qualquer usuário que utiliza algum compartilhador P2P deve ter ao menos lido sobre o eMule. Sendo um dos compartilhadores de maior sucesso, o eMule tem sua fama principalmente em decorrência do enorme acervo de arquivos que possui trafegando em seus servidores. No entanto, apesar do super sucesso, o eMule não tem as opções e configurações que muitos desejam, e justamente por isso que alguns desenvolvedores aperfeiçoam o programa.
eMule Plus foi uma das primeiras versões modificadas do programa da mulinha que foi disponibilizada ao público. Tendo como objetivo principal acelerar os downloads, o aplicativo traz algumas pequenas modificações ocultas, e muitas opções para que o usuário configure o programa como preferir.
ID Baixa nunca mais
Como assim? ID é uma espécie de numeração que o eMule define ao estabelecer uma conexão entre seu computador e o servidor. E um grande problema enfrentado pelos usuários do eMule é justamente este sistema de numeração, pois caso seu computador receba uma ID baixa, você não conseguirá efetuar download em alta velocidade. Com eMule Plus este problema praticamente acaba, pois o aplicativo analisa rapidamente se você recebeu uma ID alta, e caso não tenha recebido, ele tenta conectar-se a outro servidor automaticamente.
Mais detalhes
Como em qualquer outro compartilhador, o eMule normalmente mostra diversos detalhes sobre o download que você está efetuando. Com eMule Plus esta quantia de detalhes aumenta e proporciona ao usuário uma precisão maior quanto aos tempos estimados, velocidades e muito mais.
Agendador
Devido ao alto consumo na conexão com a internet, o eMule Plus conta com um agendador para você determinar os horários e dias em que ele deve baixar ou enviar arquivos. Talvez para alguns isto não seja muito útil, entretanto para os usuários que utilizam com muita freqüência o programa, este recurso é deveras interessante.
Segurança
Aumentando significativamente a segurança, o aplicativo traz ao usuário uma maneira de baixar arquivos sem a preocupação de que eles sejam falsos. Ou seja, o eMule Plus verifica se o conteúdo de cada arquivo é realmente o que diz ser, pois nas redes P2P é muito comum haver vírus, arquivos corrompidos e outros, os quais muitas vezes enganam o usuário.
Personalização
eMule Plus disponibiliza no botão “Preferências” diversas opções que alteram minimamente o programa, mas que para alguns usuários pode fazer toda diferença. Tais opções vão desde a alteração das fontes até as cores que são exibidas nos downloads. Há também outras opções que podem não aparentar fazer diferença alguma, mas são opções que alteram o mecanismo principal de funcionamento do aplicativo.

>clique para baixar< 

Como atualizar servidores do eMule

Confira aqui algumas dicas para atualizar a lista de servidores do eMule e deixar o compartilhador de arquivos ainda melhor.

Para baixar qualquer arquivo no eMule, é necessário que você esteja conectado a algum servidor. É ele que fornece um ponto de entrada e comunicação entre os mais divemuersos computadores, de forma a deixar você acessar recursos de rede, fazer buscas e compartilhar os arquivos armazenados.
Entretanto, é preciso atualizar a lista de usuários do eMule de tempos em tempos, uma vez que, por padrão, depois de algumas tentativas de contato o eMule retira o servidor da lista de conexão. Isso se dá devido à alta volatilidade de servidores por aí, que acabam por ocupar espaço na sua lista sem mais funcionar.
Atualize a lista de  servidores
Existem algumas formas de atualizar esses servidores, seja através da URL, pelo IP ou ainda automaticamente - por meio de conexões com os clientes e com certos servidores. Vamos passar por todas elas aqui, de forma que você não tenha mais que se preocupar com mais nada na hora de atualizar os servidores da sua conexão.
Encontre servidores confiáveis
Deixe o Emule mais rápidoPorém, antes de tudo é necessário possuir uma lista de servidores confiáveis. Para isso, o Jacir conta com uma lista de servidores manda sugestões para você baixar. Além disso, o próprio site oficial do eMule também possui uma listagem, para que você não precise buscar por aí.
Caso você queira servidores diferentes, uma boa busca na internet traz inúmeras informações. Vale a pena pesquisar um pouco sobre o assunto, se quiser conectar-se a servidores diferentes do que aqueles fornecidos no Baixaki ou no site.
Atualizar através da URL ou em um único servidor
No lado direito da aba “Servidores”, você encontra duas opções para atualizar os dados: apenas um servidor pelo IP e através da URL, ou seja, do endereço em que se encontra a lista de servidores.
Para adicionar um único servidor, insira o número de IP e o nome dele e escolha a opção “Adicionar à lista”. Se não houver nenhum aviso de erro, o servidor será adicionado automaticamente.
Insira o IP e nomeie o novo servidor
Pela URL, você deve apenas digitar o endereço na caixa e clicar em “Atualizar”. Uma nova janela é aberta para mostrar quantos servidores foram adicionados, uma vez que as URLs trazem vários de uma só vez, para que você não perca tempo de atualização.
Atualizar pelo endereço da lista
Você também pode atualizar os servidores de uma só vez, através de um link web. Para isso, é preciso apenas inserir o endereço fornecido no navegador, que automaticamente abre um aviso do eMule e insere os servidores no compartilhador.

Executar aplicativo para inserir automaticamente no Emule
Configurações de preferência
Uma vez atualizado o servidor, você pode configurar suas opções em Preferências>Servidor. Ali você pode aumentar o número de tentativas antes de o servidor ser retirado da lista do eMule, além de inserir endereços para atualizar os servidores ao iniciar, atualizar a conexão através de um servidor ou usuário e muito mais.
Esta seção também é indicada para listar outros endereços para que atualizem automaticamente, ao clicar em “Listar”. Além disso, há opções para configurar o sistema de prioridades, o ajuste automático de servidor, etc.
Opções de configuração
Vale a pena avisar que, uma vez que você atualiza a lista de servidores, aquela antiga é apagada, a não ser que você deixe os servidores estáticos.
Para deixar um servidor como estático, de forma que seja sempre aquele a que você se conecta primeiramente, clique com o botão direito no servidor de sua preferência e escolha a opção “Adicionar à lista de servidores estáticos”.
Adicionar aos servidores estáticos

 

Atualização da lista de servidores do eMule 1.0

Gratuito
Tamanho: 39 KB
286.218 downloads
Sistema: Windows 98/Me/2000/XP
Empresa: iBelgique


"Este arquivo atualiza a lista de servidores do eMule, ajudando a acelerar a velocidade média dos downloads."

Devido ao seu acervo enorme, facilidade de operação e confiabilidade, o eMule é hoje o compartilhador de arquivos mais usado no Brasil — só no Baixaki já são mais de 20 milhões de downloads do programa.

Algumas pessoas ainda criticam sua eficácia pela dificuldade em configurar o programa adequadamente e pela demora inevitável que ocorre na hora de baixar certos arquivos.

A primeira saída para começar a melhorar seu desempenho no eMule é escolher bem o servidor em que você irá se conectar: entrar nos que tem mais usuários e maior quantidade de arquivos é sem dúvida um ponto a seu favor.

Ao instalar o eMule em seu computador, aos poucos seus servidores serão desatualizados e a velocidade dos downloads irá cair lentamente. Este arquivo serve para substituir a lista original de servidores que vem com seu e-Mule — independente da versão dele —, pois muitos dos servidores caíram em desuso e acabam apenas embotando a lista principal.

Como trocar os servidores

Você pode trocar sua lista de duas maneiras, dentro ou fora do programa. Na primeira delas, você baixa o arquivo do link e o coloca para substituir o arquivo original presente na pasta do eMule (normalmente C:\Arquivos de Programa\eMule\config).

A outra maneira é copiando este link (http://ed2k-belgique.ibelgique.com/site%20ed2k-belgique/serveur/server.met) e colando-o no campo "Atualizar server.met pela URL", seguindo no botão "Atualizar".

Para baixar o compartilhador de arquivos mais conhecido da Internet, Clique Aqui. 

>clique para baixar< 

Como Usar eMule Plus

Veja como é fácil baixar qualquer coisa via P2P

O eMule Plus foi uma das primeiras versões modificas do programa da mulinha. Uma alternativa mais leve e simples, com o objetivo principal de acelerar os downloads. Apesar da simplificação em seu uso, notamos que vários usuários andam se debatendo com relação a ele.

Sabendo disso, desenvolvemos um pequeno guia de uso para que você extraia o máximo da capacidade que essa versão do eMule oferece. Com algumas pequenas modificações em suas configurações, você verá que esse compartilhador de arquivos P2P pode ser um excelente companheiro.

Nesse tutorial para usuários iniciantes, iremos explorar detalhadamente as principais funções do eMule Plus. Lá vai:
BOTANDO A MULA PRA CORRER!

Meu nome é Plus... eMule Plus.
1. Configurações básicas
Barra de tarefas
Essa é a barra de tarefas do programa, situada no topo da interface, na qual os principais menus apontados são Servidores, Transfer., Procurar, Arq. Comp. e Preferências.

Clique em Preferência e siga os passos abaixo para deixar seu eMule tinindo:
Preferências -> Geral -> Geral
Em Preferências: Geral, preencha seu apelido e selecione as opções como mostradas no exemplo acima. Depois clique sobre o botão LINKS ED2K e confirme a requisição.
Preferências -> Geral -> Diretórios
Em Preferências: Diretórios, você define o local de saída para onde seus arquivos recebidos deverão ser encaminhados. Por padrão, a pasta encarregada disto é chamada Incoming e fica localizada dentro do diretório de instalação do eMule. Já os Arquivos Temporários correspondem aos itens ainda em andamento. Em Tocador de Vídeos para pré-visualizar você deve selecionar seu player (ex: Windows Media Player, RealOne etc.).
Preferências -> Geral -> Janela
Em Preferências: Janela, ative a opção Minimizar para a bandeja do sistema ao fechar, o que fará com que o programa minimize em sua systray quando você clicar no "X".
A área mais importante de todas
Abaixo, em Conexão, você deve dar total importância. Na imagem de exemplo a seguir, a configuração foi toda feita baseada na conexão 256kb. No entanto, se você utiliza 512K altere apenas a Capacidade e Limites de Download e Upload: aumente a Capacidade para download 96 upload 16 e Limites para download 96 e upload 16.
Preferências -> Conexão -> Conexão
Em Preferências -> Conexão -> Servidor, marque as opções conforme o quadro ilustrativo:
Preferências -> Conexão -> Servidor
As configurações acabam por aqui. Se você seguiu os passos corretamente, clique em Aplicar, em OK e reinicie o eMule.

2. Servidores
Atenção para servidores falsos!
Para escolher um bom servidor, com muitas pessoas e por conseqüência maior número de fontes e arquivos disponíveis, clique na guia Usuários. Assim a lista ficará ordenada de acordo com a quantidade de usuários conectados em cada servidor. O ideal é selecionar o mais "cheio" e Conectar.

IMPORTANTE: SOBRE SERVIDORES

Um dos cuidados mais importantes é escolher um servidor confiável, uma preocupação constante nos tempos de hoje, então todo cuidado é pouco. Uma das fontes mais confiáveis de servidores é server-met.de, que pode ser baixado aqui ou colocado direto no eMule Plus por aqui.

Para informações mais avançadas sobre esse recurso do eMule, você pode acessar o tutorial Aprenda a configurar o seu roteador e como otimizar os downloads do eMule.

3. Procurando arquivos
Procure por programas free
Em Procurar, você deve digitar o nome do arquivo desejado para download. No exemplo abaixo, utilizamos o próprio eMule. Se você procura algo mais específico, é possível alterar o Tipo da busca, filtrando por formatos como .mp3, .jpg, .exe, .zip e muito mais.
Quanto mais fontes, mais rápido o download
Aqui está o resultado. O mais indicado é você clicar sobre a guia Fontes, conferir o nome do arquivo e pronto. Duplo clique em cima do desejado e o download começará.
4. Área de transferência
Área de transferência e taxa de downloads
Esse é o seu espaço de downloads. Os arquivos que você procurou e mandou baixar devem estar todos listados aqui, onde você pode acompanhar seu progresso.

As Fontes são muito importantes nesse momento. Elas estão diretamente relacionadas à taxa de download, portanto é importante que elas estejam — de preferência — completas. Quanto mais forte o tom do azul, mais fontes completas tem o arquivo.
Quem faz mais uploads "fura" a fila
Quando você clica no sinal de + ao lado do arquivo em transferência, aparece uma lista da galera que está na fila do mesmo download. Para conferir a sua posição, clique na guia Prioridade e confira a QR e o número do lugar da fila que você está com determinado usuário.

Quando o arquivo é muito procurado, as filas são mais demoradas. No entanto, quanto mais uploads você fizer, mais preferência peranto os outros você passa a ter.

Depois que o Progresso for completado, cheque sua pasta Incoming para ter acesso ao arquivo!

Aprenda a configurar o seu roteador e como otimizar os downloads do eMule.

O eMule sempre foi um compartilhador P2P de muito sucesso. Com a baixa dos maiores servidores da rede, usar o eMule se tornou uma tarefa trabalhosa. Grande parte dos servidores são falsos e, conseqüentemente, seus arquivos também. Pensando nisso, o Baixaki elaborou um guia para ajudar o usuário a sanar os problemas mais comuns, assim como escolher os servidores mais confiáveis.

Instalação

Primeiramente, vamos ensinar como instalar o programa, otimizando ao máximo o seu eMule. Depois de executado o instalador, aparecerá uma tela com a seleção de idiomas, ficando a escolha livre ao usuário. Outras opções estarão disponíveis, para vê-las basta consultar o guia da instalação do eMule aqui.



Otimizando o uso do eMule

Um dos cuidados mais importantes é escolher um servidor confiável, uma preocupação constante nos tempos de hoje, então todo cuidado é pouco. Uma das fontes mais confiáveis de servidores é server-met.de, que pode ser baixado aqui ou colocado direto no eMule por aqui.

Escolhendo o servidor

Escolher um servidor no eMule está muito mais difícil do que em outras épocas. Hoje, mais do que nunca, existem servidores falsos (fakes). Um dos mais confiáveis servidores da atualidade é o Razorback 3.0. Para escolher um bom servidor, é sempre bom ficar atento a algumas informações:

  • Prestar atenção nos nomes dos servidores e nas suas descrições.
  • Escolher de preferência os servidores que tenham ping (tempo de comunicação entre o computador e o servidor) baixo, grande volume de arquivos e usuários.

Para saber se um servidor é falso (fake) ou não, é necessário prestar atenção em alguns detalhes:

1. Conferir se a versão do Lugdunum (programa que faz rodar o servidor) está atualizada — que atualmente se encontra na versão 17.15.


2. Não reagir de maneira usual aos pedidos dos clientes P2P.
3. Verificar se o número de usuários e arquivos é falso, não correspondendo à realidade.
4. Observar se as pesquisas feitas não retornam com valores reais, exibindo programas não relacionados à procura feita.

É bom lembrar que hoje em dia mais de 60% dos servidores é falso, seguindo estes 4 passos a chance de se conectar em um servidor fake será bastante reduzida.

Usando o Kademlia (Kad)


O Kademlia basicamente é uma rede secundária do eMule, onde cada usuário é um nó (node), funcionando como um pequeno servidor. Ela funciona nos mesmos moldes das famosas redes Gnutella e Overnet, e seria caracterizada por auxiliar nos resultados das buscas. Para aperfeiçoar a conexão, é recomendável que o usuário se conecte na rede, assim quando for feita uma pesquisa os resultados de fontes podem ser 20% maiores em média. Para agregar um grande número de usuários é aconselhado conectar-se usando o auxílio externo (basta clicar no botão de mesmo nome).

Acelerando a velocidade do download

Para se ter sucesso nos downloads, é necessário retribuir, ou seja, é preciso compartilhar vários arquivos. Quanto mais arquivos compartilhados, maior vai ser a velocidade no download. Diferente disso, a taxa será decrescida. Além destes pré-requisitos, é desejável ter as portas do modem liberadas, caso contrário a chance de ter a taxa de download diminuída é maior.

ID Alta e ID Baixa

O servidor atribui ao usuário dois tipos de identificação: alta ou baixa. A ID Baixa — também indicada com o ícone de uma mula vendada na barra do sistema (systray) — geralmente é relacionada à velocidade de conexão (quando muito baixa) ou com problemas nas portas do modem. Isso implica na impossibilidade de fazer a comunicação com pleno aproveitamento no servidor. Já quando a conexão é feita sem problemas, a conexão do usuário passa a ter a ID Alta, e conseqüentemente o usuário conta com todos os privilégios.


Dicas adicionais

  • Escolher as pastas compartilhadas pode ser um problema, se não feito da maneira correta. Para resolver esse problema basta ir em Preferências > Pastas, e então escolher a pasta que você deseja compartilhar (é recomendável deixar os arquivos que você deseja compartilha nela).


  • É possível limitar a banda, caso você tenha problemas em abrir páginas da internet ou até mesmo com jogos online. Podemos alterar a banda de duas formas:
      1. Com o eMule na bandeja, aperta com o botão direito no ícone da mula. Feito isso, escolha a velocidade que mais se adequa ao seu uso.
      2. Uma outra maneira de regular a banda usada pelo eMule é pela barra de funções: Preferências > Conexão > Capacidades. Depois disso é só configurar a taxa de download/upload.
  • Tenha cuidado para não usar 2 compartilhadores P2P ao mesmo tempo (não que seja proibido), mas este ato pode consumir a banda inteira, não deixando espaço para outros aplicativos usarem a internet.
  • Caso ainda haja algum problema com os servidores falsos, é possível baixar um filtro de IP para barrar os servidores fakes. Basta colocar este link http://www.bluetack.co.uk/config/pipfilter.dat.gz no seguinte local: Preferências > Segurança > Filtro de IP > Atualizar a URL de e apertar o botão “Carregar”.



Liberando as portas para o eMule

A liberação das portas do modem é um dos maiores obstáculos encontrado pelos usuários do eMule. Como muitos já devem ter notado, enquanto este pequeno contratempo não é solucionado, o eMule tem o seu potencial drasticamente afetado. Para tanto, a equipe do Baixaki desenvolveu este breve tutorial, com instruções práticas para liberar as portas do seu modem.

De início, selecionamos os modems mais comuns entre os usuários, mas não desanime se o seu não estiver relacionado. Novos modelos serão adicionados periodicamente e logo, logo o seu estará aqui! Antes de começar, vejamos algumas informações indispensáveis:

O que são portas?

Imagine que o seu computador é um imenso condomínio, onde cada aplicação é um morador. Assim que você se conecta à Internet, recebe um endereço de IP — Internet Protocol, Protocolo de Internet —, o qual representa o CEP desse condomínio. Porém, para que uma carta chegue até determinada casa, por exemplo, é preciso saber o número dela e é aí que entram as tais portas. Elas representam nada mais, nada a menos que o "endereço final" para cada aplicação ou serviço do computador. Deste modo, é possível que diversos programas utilizem a Internet sem entrar em conflito.

Começando

Antes de tudo, você precisa saber qual o endereço de IP da sua máquina (fixo) e o do seu modem. Ambos podem ser encontrados através dos seguintes passos:

1. Vá ao Menu Iniciar e clique em Executar.
2. Digite "cmd" na linha de comando (sem as aspas) e pressione Enter. Se você é usuário do Windows 98, digite "command" ao invés de "cmd".


3. No terminal que irá se abrir (uma janela preta), digite "ipconfig", pressione Enter e as configurações de IP do Windows serão apresentadas.
4. Anote os valores como indicado na imagem abaixo.


Agora, confira as portas utilizadas pelo eMule, as quais deverá liberar em seu modem:


IMPORTANTE

Os guias aqui exibidos foram baseados nos manuais fornecidos pelos fabricantes dos modems. Portando, todas as modificações realizadas nas configurações do aparelho ficam por conta e risco do usuário.

Mãos à obra




Abrindo portas no D-Link DSL-500G


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc.), como mostra a figura abaixo.


Uma pequena janela será exibida requisitando usuário e senha. Caso seja a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, digite "admin" para o usuário e "admin" para a senha — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


A tela inicial do painel de configuração será exibida.


No menu de opções, do lado esquerdo da tela, clique em Services, depois em NAT e uma nova tela de configurações será exibida. Clique na caixa NAT Option e selecione a opção NAT Rule Entry para que outro painel seja carregado.


Clique no botão Add para adicionar uma porta.


A tela a seguir deverá ser preenchida de seguinte maneira:

Rule Flavor: selecione o item RDR.
Rule ID: especifique o número da tarefa a ser criada — seguindo a ordem, sem ser repetido. No nosso exemplo, começaremos em "2", pois já existe a tarefa número "1".
IF Name: selecione a opção ALL.
Protocol: selecione o protocolo a ser utilizado, neste caso, TCP.
Local Address From: preencha com o IP da sua máquina.
Local Address To: preencha novamente com IP da sua máquina.
Global Address From: preencha todos os campos com zeros.
Global Address To: preencha todos os campos com zeros.
Destination Port From: selecione Any other port no primeiro campo. No segundo, especifique a porta a ser liberada (4662, por exemplo).
Destination Port To: defina igualmente ao item anterior.
Local Port: defina igualmente ao item anterior.


Quando estiver pronto, clique em Submit. Para liberar as outras portas, basta clicar sobre o botão Add e repetir os passos anteriores. Vale ressaltar que o campo Rule ID deve ser acrescido de 1 a cada nova porta adicionada. Sendo assim, neste caso, a próximo valor seria "3".

Assim que terminar, vá ao menu do lado esquerdo da tela, clique em Admin e depois em Commit and Reboot para reiniciar o seu modem. Pronto! Após a reinicialização do modem, você já poderá utilizar o eMule normalmente.

Voltar


Abrindo portas no D-Link DSL-500T


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc), como mostra a figura abaixo.


Uma pequena janela lhe será exibida requisitando usuário e senha. Caso seja a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, digite "admin" para o usuário e "admin" para a senha — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


A tela inicial do painel de configuração será exibida.


Clique sobre a aba Advanced e note que o menu do lado esquerdo será modificado. Nele, clique em Virtual Server.


Na tela apresentada, preencha os campos da seguinte forma:

Rule Name: nome da tarefa. Nesse caso, "eMule".
Private IP: coloque o IP da sua máquina.
Protocol: selecione o protocolo a ser utilizado, nesse caso, TCP.
Port Start: insira a porta desejada, nesse caso, 4662.
Port End: idem ao item anterior.
Port Map: idem ao item anterior.

Quando estiver pronto, clique em Apply para salvar as configurações. Para as outras portas, basta repetir os passos anteriores com os novos valores. Assim que terminar, basta fechar o seu navegador e utilizar o eMule normalmente.

Voltar


Abrindo portas no Siemens SpeedStream 4200


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc), como mostra a figura abaixo.


A tela inicial do painel de configuração do modem será exibida.


Caso não apareça uma janela pedindo usuário e senha, clique em Login no lado esquerdo da tela. Se for a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, digite "admin" para o usuário e "admin" para a senha — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


No lado esquerdo da janela, clique sobre a opção Setup e em seguida em Port Fowarding. Uma nova janela de configurações será exibida.


Um pouco abaixo, nessa tela, há alguns parâmetros a serem definidos. Preencha-os da seguinte maneira:

Select service by name: não altera (Choose Service é a seleção padrão).
Select protocol: selecione o protocolo a ser usado, nesse caso, TCP.
and TCP/UDP port(s): coloque a porta desejada nos dois campos seguintes (nesse exemplo, 4662).

Marque o campo Redirect selected protocol/service to IP Adress e preencha o campo ao lado com o IP da sua máquina.


Clique em Apply para salvar as configurações. Para adicionar as outras portas, basta repetir os passos anteriores. Ao final, clique em Apply novamente e pronto!

Voltar


Abrindo portas no Siemens SpeedStream 5200


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc), como mostra a figura abaixo.


Uma pequena janela lhe será exibida requisitando usuário e senha. Caso seja a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, digite "admin" para o usuário e "admin" para a senha — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


A tela inicial do painel de configurações será exibida.


Na lateral esquerda, clique em Setup e em seguida em Port Fowarding. Uma nova tela de configuração será apresentada.


Um pouco abaixo nessa tela, há alguns parâmetros a serem definidos. Preencha-os da seguinte maneira:

Select service by name: não altere (Choose Service é a seleção padrão).
Select protocol: selecione o protocolo a ser usado, nesse caso, TCP.
and TCP/UDP port(s): coloque a porta desejada nos dois campos seguintes (nesse exemplo, 4662).
Marque o campo Redirect selected protocol/service to IP Adress e preencha o campo ao lado com o IP da sua máquina.


Clique em Apply para salvar as configurações. Para adicionar as outras portas, basta repetir os passos anteriores. Ao final, clique em Apply novamente. Pronto!

Voltar


Abrindo portas no SpeedTouch 510 v4.0


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc), como mostra a figura abaixo.


Uma pequena janela lhe será exibida requisitando usuário e senha. Caso seja a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, deixe os dois campos em branco — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


A tela inicial do painel de configuração será exibida.


No lado esquerdo da tela, clique em Advanced e em seguida em NAPT. Uma nova tela será exibida.


Logo abaixo, nessa tela, clique em New para adicionar uma nova tarefa. Na tela exibida, preencha os campos da seguinte maneira:

Protocol: selecione o protocolo desejado, nesse caso, TCP.
Inside IP: insira o IP da sua máquina.
Outside IP: não altere (sendo "0.0.0.0" o valor padrão).
Inside Port: insira a porta a ser liberada, nesse caso, 4662.
Outside Port: idem ao item anterior.

Quando terminar, clique em Apply. Para adicionar as outras portas, clique em New e repita os passos anteriores.


Quando estiver pronto, clique em Save Settings, no lado esquerdo da janela, para salvar todas as configurações. E é isso!

Voltar


Abrindo portas no SpeedTouch 510 v6.0


O primeiro passo é acessar o painel de configurações do modem. Para isso, digite o endereço de IP do seu modem — encontrado no início deste guia — na barra de endereços do seu navegador (Internet Explorer, Firefox etc), como mostra a figura abaixo.


Uma pequena janela lhe será exibida requisitando usuário e senha. Caso seja a sua primeira visita ao painel de configuração do modem, preencha ambos os campos com "admin" — informações padrões do fabricante, mas que devem ser alteradas por razões de segurança. Clique em OK quando estiver pronto.


A tela inicial do painel de configuração será exibida.


No menu do lado esquerdo da tela, clique em Toolbox e em seguida em Game & Application Sharing. Na parte inferior da janela, clique em Create a new game or application. Agora, faça o seguinte:

  • Em Name, coloque o nome da aplicação em questão, nesse caso, "eMule".
  • Marque a caixa Manual Entry of Port Maps.
  • Clique em Next para prosseguir.
Agora, preencha os dados requisitados do seguinte modo:

Protocol: selecione o protocolo a ser utilizado, nesse caso, TCP.
Port Range: preencha os dois campos, de cima e de baixo, com a porta a ser liberada (4662, nesse caso).
Translate To: preencha novamente com o valor da porta a ser liberada.


Clique em Add para salvar as configurações. Para liberar as outras portas, basta repetir estes passos. Assim que terminar, clique em Apply na região central da tela.

Agora, clique em Assign a game or application to a local network device na parte inferior da tela e faça o seguinte:


  • Na primeira delas, Game or Application, procure o "eMule" na lista e o selecione.

  • Na segunda, selecione o nome do seu computador.

    Quando estiver pronto, clique em Add e fim de papo! Para verificar o nome do seu computador na rede, acesse Menu Iniciar > Configurações > Painel de Controle > Sistema. Uma vez nele, clique na aba "Nome do computador".


    Voltar

  •