dailymotion-domain-verification-bf8367051eadca91-dmebea1o8ssgrxz1l Jacir Holowate: 9 de Maio de 2010 stat counters

Audiencia do site

domingo, 9 de maio de 2010

deusa nua

Você partiu o coração
De quem te quer
Me abandonou
Jogou no chão
Como um qualquer
Eu sou um louco
De ainda te aceitar
Deveria te esquecer
E outro sonho procurar
Mas perto de você

Meu coração não quer
Saber de nada
Só quer viver essa
Paixão desesperada
Só quer sentir o teu
Calor mais uma vez
Não posso resistir

A uma deusa nua
Em minha cama
Como perverso
O destino de quem ama
Quando se ama
Um alguem igual a você

verso

Pra fazer tudo que eu gosto

não tem lugar e nem horário,

moro embaixo do chapéu

não carrego calendário,

minha linguagem é simples

não conheço dicionário,

no rodeio sou doutor,

mas na vida só fiz o primário
...

OH, MORENA!

PRA QUE CHEIRAR A ROSA, SE O CRAVO É MAIS CHEIROSO.

PRA QUE BEIJAR NO ROSTO,

SE NA BOCA É MAIS GOSTOSO
...

SE BEIJO DESSE SAPINHO,

MINHA BOCA ERA UMA LAGOA.

NÃO PERDÔO A MOCINHA,

MUITO MENOS A COROA

saia e bicicletinha

O Grande Segredo Feminino

Eu gostaria de te contar uma história que pode parecer estranhamente familiar. Não se assuste.

Era uma vez, um homem que se sentia muito atraído por uma mulher.

No começo, ela era apenas mais uma mulher atraente, mas quanto mais ele a conhecia mais ele se sentia atraído por ela, e então quanto mais tempo passavam juntos mais ele a desejava e ficava cada vez mais envolvido emocionalmente com ela.

Mas existia um problema.

Conforme ele se sentia mais emocionalmente envolvido mais ele ficava inseguro.

Por quê?

Por que ele não sabia se ela se sentia assim por ele também.

Às vezes ela dizia coisas como “você é tão importante para mim” ou “eu adoro que você faça parte da minha vida”, mas nada além deste estágio de amizade.

Às vezes se abraçavam, às vezes ela dava um beijinho na bochecha e uma vez ela até ficou segurando a mão dele enquanto falava de sentimentos.

Mas alguma coisa estava errado com a cena. Ela não agia como uma mulher apaixonada, e sim como amiga.

A insegurança que ele sentia se ampliava mais e mais, e quanto mais inseguro ele ficava mais ele tinha a sensação de estar fazendo tudo errado. Não tinha coragem nem de beija-la muito menos a pedir em namoro.

E mais, quanto mais inseguro ele ficava menos tempo ela parecia querer passar com ele.

Depois de passar semanas obcecado por essa mulher o homem finalmente chegou a conclusão que se ela soubesse como ele se sentia, ela também se sentiria assim.

E então ele agiu.

Ele disse a ela o que sentia.

Ele confessou que estava apaixonado e que faria de tudo para ficar com ela.

Então ela olhou no fundo dos olhos dele e disse “Obrigada, isso realmente significa muito para mim, mas eu não quero estragar nossa amizade, você é muito importante para mim…”

Isso só o deixou mais confuso.

Ele não sabia o que fazer…

Ele ficou se perguntando se isso queira dizer que ela também estava apaixonada, mas tinha medo de perder a amizade. Será que queria dizer que ela não estava pronta para um relacionamento a longo prazo? Será que ela queria dizer que ela não gostava dele, mas estava disposta a dar uma chance? Ou será que ele deveria arriscar tudo e ir falar com ela novamente para ver se ela entendeu?

Depois deste terremoto mental ele decidiu que não conseguia mais agüentar essa situação e colocou na cabeça que tinha que ficar com ela de qualquer jeito.

Então ele tinha que ter certeza que ela tinha que saber exatamente como ele queria ficar com ela… foi aí que ele comprou uma presente simbólico, escreveu uma carta de 3 páginas e confessou novamente seus sentimentos.

E então o inesperado aconteceu. Ela não respondeu.

No dia seguinte ele ligou para ela e ela não atendeu. Nos três dias seguidos ele ligou para ela e ela não atendeu. Depois de quase uma semana ele conseguiu falar com ela.

Ela disse que esteve muito ocupada por isso não conseguia falar com ele. Também disse que estava atrasada para alguma coisa e que ligaria para ele mais tarde.

Mas… ela não ligou mais.

Nos meses seguintes ele se torturou tentando descobrir o que tinha dado errado, o que ele tinha feito de errado.

Final da história.

E ai amigo, o que achou?

Tocante, não?

Essa historia é basicamente um MITO. E eu não estou falando de ficção.

Estou falando que essa historia já aconteceu com a maioria dos homens. É uma historia atemporal, aconteceu comigo, com meus avós, com os meus tataravós e por ai vai.

Outra coisa que deixou essa historia muito poderosa é o fato que ela realmente machuca, nos traz de volta sensações e emoções ruins. E como resultado essas sensações ruins nos fazem lembrar de histórias ruins que aconteceram conosco.

Isso me fascina por que é uma verdadeira oportunidade de entender e resolver os desafios que representam.

Nessa situação eu acho que existia uma solução. Na verdade envolve a descoberta de um segredo tão conhecido pelas mulheres quanto desconhecido para os homens.

A verdade é que se uma mulher não está atraída por um homem suas tentativas de conquistá-la só vão o tornar menos atraente.

Em outras palavras, além dessas declarações não funcionarem elas pioram as coisas. Muito.

Mais uma vez: as coisas que um homem faz achando que vai conquistar uma mulher a faz apenas gostar menos dele.

É um saco.

Espero que ao me ver explicar este processo você possa evitar essa dolorosa situação no futuro.

Mais uma vez eu reforço, o estudo é a chave para conquistar o que você quer. Estude, se dedique e enriqueça.

Não deixe de escrever abaixo o que você achou deste post e se tiver alguma dúvida me mande no gatinho.carente17@hotmail.com

Boa sorte,

Jacir