dailymotion-domain-verification-bf8367051eadca91-dmebea1o8ssgrxz1l Jacir Holowate: 3 de Março de 2010 stat counters

Audiencia do site

quarta-feira, 3 de março de 2010

Você me paga vai receber todo castigo que merece
A vida fica boa quando a gente esquece e pelo jeito
Já esqueceu o mal que fez pra mim,
Você me paga vou assistir de camarote a sua queda
Eu vou te dar o troco na mesma moeda
Olho por olho foi você que quis assim.

Você chegou na minha vida de mansinho
Foi me dando seu carinho só pra ver eu me apaixonar.
Foi se alojando aqui dentro do meu peito,
Até que não teve jeito eu tive que me entregar.
Mas quando viu que eu estava em suas mãos,
Um brinquedo de coleção que a gente esquece.
E não quer mais brincar.
Me abandonou, e arrumou outra paixão,
Mas eu jurei de coração que um dia você vai pagar.
Me abandonou, e arrumou outra paixão,
Mas eu jurei de coração que um dia você vai pagar.

Você me paga vai receber todo castigo que merece
A vida fica boa quando a gente esquece e pelo jeito
Já esqueceu o mal que fez pra mim,
Você me paga vou assistir de camarote a sua queda
Eu vou te dar o troco na mesma moeda
Olho por olho foi você que quis assim.

Você chegou na minha vida de mansinho
Foi me dando seu carinho só pra ver eu me apaixonar.
Foi se alojando aqui dentro do meu peito,
Até que não teve jeito eu tive que me entregar.
Mas quando viu que eu estava em suas mãos,
Um brinquedo de coleção que a gente esquece.
E não quer mais brincar.
Me abandonou, e arrumou outra paixão,
Mas eu jurei de coração que um dia você vai pagar.
Me abandonou, e arrumou outra paixão,
Mas eu jurei de coração que um dia você vai pagar.

Você me paga vai receber todo castigo que merece
A vida fica boa quando a gente esquece e pelo jeito
Já esqueceu o mal que fez pra mim,
Você me paga vou assistir de camarote a sua queda
Eu vou te dar o troco na mesma moeda
Olho por olho foi você que quis assim.

Você de Volta

Maria Cecília e Rodolfo

Composição: Maria Cecilia / Rodolfo

Eu vivo buscando em alguém
Alguma coisa que eu sei
Que só existe em você
Eu quero a metade de mim que é você
O riso que irradia o mundo
E que me faz viver
Eu não aguento mais essa saudade
E essa solidão que me invade me faz ver

Tudo que eu quero é você de volta
To te esperando vem bater na minha porta
Eu amo você, eu só sei te querer
Minha vida tem sentido se tiver você

Eu vivo buscando em alguém
Alguma coisa que eu sei
Que só existe em você
Eu quero a metade de mim que é você
O riso que irradia o mundo
E que me faz viver
Eu não aguento mais essa saudade
E essa solidão que me invade me faz ver

(3x)
Tudo que eu quero é você de volta
To te esperando vem bater na minha porta
Eu amo você, eu só sei te querer
Minha vida tem sentido se tiver você

Paga Pau

Fernando e Sorocaba

Composição: Sorocaba

Você diz que não me ama, você diz que não me quer
Mas fica pagando pau, qual é que é.
Todo dia seu teatro é exatamente igual,
Você finge que me odeia, mas no fundo Paga-Pau.

Ela é atriz, ela faz cena, ela mete uma pressão
Se joga na minha frente, me engana não
Feito cobra mal matada, ela rebola eu passo mal
Com o nariz empinado, ela é a tal
Se eu mando um chaveco, ela finge não ouvir
Mas se eu grito: Olha bruxa! Vem discutir
Sua psicologia tá um tanto quanto errada
Ou me aceita de uma vez, ou tá danada!

Você diz que não me ama, você diz que não me quer
Mas fica pagando pau, qual é que é.
Todo dia seu teatro é exatamente igual,
Você finge que me odeia, mas no fundo Paga-Pau.

Ela é atriz, ela faz cena, ela mete uma pressão
Se joga na minha frente, me engana não
Feito cobra mal matada, ela rebola eu passo mal
Com o nariz empinado, ela é a tal
Se eu mando um chaveco, ela finge não ouvir
Mas se eu grito: Olha bruxa! Vem discutir
Sua psicologia tá um tanto quanto errada
Ou me aceita de uma vez, ou tá danada!

Você diz que não me ama, você diz que não me quer
Mas fica pagando pau, qual é que é.
Todo dia seu teatro é exatamente igual,
Você finge que me odeia, mas no fundo Paga-Pau. (2X)

Meteoro

Luan Santana

Composição: Sorocaba

Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade
Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar

Depois que eu te conheci fui mais feliz
Você é exatamente o que eu sempre quis
Ela se encaixa perfeitamente em mim
O nosso quebra-cabeça teve fim

Se for sonho não me acorde
Eu preciso flutuar
Pois só quem sonha
Consegue alcançar

Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade
Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar

Depois que eu te conheci fui mais feliz
Você é exatamente o que eu sempre quis
Ela se encaixa perfeitamente em mim
O nosso quebra-cabeça teve fim

Se for sonho não me acorde
Eu preciso flutuar
Pois só quem sonha
Consegue alcançar

Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade
Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar

Tão veloz quanto a luz
Pelo universo eu viajei
Vem me guia me conduz
Que pra sempre te amarei ...

Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade
Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar

Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade
Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar
Ah! Como é bom poder te amar

Tô de Cara

Luan Santana

Composição: Sorocaba



Tô de cara com você
Tô de cara com você
Me apaixonei e você não quer mais me ver
Tô de cara com você
Eu to de cara, coração!
Não sei se tudo foi verdade
Ou foi só enganação

Me diz o que é que eu faço
Se ela lê pensamento
Me diz o que é que eu faço
Desse jeito eu não aguento
Vê coisa onde não foi
Vê coisa onde não tem
E eu aqui sozinho sem você não sou ninguém

Tô de cara com você
Eu tô de cara com você
Me apaixonei e você não quer mais me ver
Tô de cara com você
Eu tô de cara, coração!
Não sei se tudo foi verdade
Ou foi só enganação

Me diz o que é que eu faço
Se ela me investiga
Me diz o que é que eu faço
Se ela só faz intriga
Me engana friamente
Só vive indiferente
E ainda sai dizendo
Que eu não sou homem decente

Eu tô de cara com você
Eu tô de cara com você
Me apaixonei e você não quer mais me ver
Tô de cara com você
Eu to de cara, coração!
Não sei se tudo foi verdade
Ou foi só enganação

Me diz o que é que eu faço
Se ela me investiga
Me diz o que é que eu faço
Se ela só faz intriga
Me engana friamente
Só vive indiferente
E ainda sai dizendo
Que eu não sou homem decente

Tô de cara com você
Eu tô de cara com você
Me apaixonei e você não quer mais me ver
To de cara com você
Eu to de cara, coração!
Não sei se tudo foi verdade
Ou foi só enganação

Ou foi só enganação...
Ou foi só enganação...

Caboclo Na Cidade

Chitãozinho & Xororó

Composição: Geraldo Viola e Dino Guedes


Seu moço eu já fui roceiro no triângulo mineiro onde eu tinha meu ranchinho.
Eu tinha uma vida boa com a Isabel minha patroa e quatro barrigudinhos.
Eu tinha dois bois carreiros muito porco no chiqueiro e um cavalo bom, arriado.
Espingarda cartucheira quatorze vacas leiteiras e um arrozal no banhado.

Na cidade eu só ia a cada quinze ou vinte dias pra vender queijo na feira.
E no mais estava folgado todo dia era feriado pescava a semana inteira.
Muita gente assim me diz que não tem mesmo raiz essa tal felicidade
Então aconteceu isso resolvi vender o sítio e vir morar na cidade.

Já faz mais de doze anos que eu aqui já to morando como eu to arrependido.
Aqui tudo é diferente não me dou com essa gente vivo muito aborrecido.
Não ganho nem pra comer já não sei o que fazer to ficando quase louco.
É só luxo e vaidade penso até que a cidade não é lugar de caboclo.

Minha filha Sebastiana que sempre foi tão bacana me dá pena da coitada.
Namorou um cabeludo que dizia Ter de tudo mas fui ver não tinha nada.
Se mandou pra outras bandas ninguém sabe onde ele anda e a filha tá abandonada.
Como dói meu coração ver a sua situação nem solteira e nem casada.

Até mesmo a minha veia já tá mudando de idéia tem que ver como passeia.
Vai tomar banho de praia tá usando mini-saia e arrancando a sobrancelha.
Nem comigo se incomoda quer saber de andar na moda com as unhas todas vermelhas.
Depois que ficou madura começou a usar pintura credo em cruz que coisa feia.

Voltar "pra" Minas Gerais sei que agora não dá mais acabou o meu dinheiro.
Que saudade da palhoça eu sonho com a minha roça no triângulo mineiro.
Nem sei como se deu isso quando eu vendi o sítio para vir morar na cidade.
Seu moço naquele dia eu vendi minha família e a minha felicidade!