dailymotion-domain-verification-bf8367051eadca91-dmebea1o8ssgrxz1l Jacir Holowate: 16 de Outubro de 2010 stat counters

Audiencia do site

sábado, 16 de outubro de 2010

5 Plugins do firefox para Blogueiros

A praticidade para um blogueiro é algo fundamental, pois, com ela, é possível administrar o seu blog facilmente, o que torna o serviço mais rápido, e permite-nos termos mais tempo disponível para desenvolver novas idéias. Usar plugins no navegador é uma maneira muito fácil de ter praticidade na hora de administrar um blog. Vou lhes mostrar uma lista com 5 plugins importantes para um blogueiro, que utiliza o navegador Mozzila Firefox.

Se você utiliza o Google Chrome, e deseja adicionar extensões nele, recomendo a leitura do seguinte tutorial:

Com este plugin, é possível divulgar qualquer página da web em diversas redes sociais. É ideal para divulgar rapidamente os posts de seu blog e ampliar a gama de visitantes que ele recebe.

Este plugin permite encurtar links facilmente, para depois divulgá-lo em redes sociais que tem limite de caracteres, como o Twitter.

Crie posts a partir deste plugin. Ele permite-lhe criar posts com facilidade e qualidade.

Parecido com o plugin anterior, este permite publicar posts na plataforma Blogger facilmente. Recomendo seu uso.

Este plugin é semelhante ao AddThis. Com ele, é permitido divulgar uma página da web em diversas redes sociais. Ideal para divulgar as páginas de seu blog.

10 Extensões do google chrome essencial para um blogueiro

Pelo seu design, velocidade e praticidade, o Google Chrome vem sendo o navegador mais usado por blogueiros, principalmente por permitir o uso de extensões. É recomendável o seu uso, em minha opinião, é o melhor navegador da atualidade. Disponibiliza inúmeros recursos, dentre eles a detecção de palavras incorretas quando escritas. Para você, blogueiro, que utiliza o Google Chrome, selecionei 10 extensões essenciais para um blogueiro usar, eu já as usei e, realmente, são de qualidade.

Este botão permite compartilhar a página que você está acessando em inúmeras redes sociais, dentre elas estão o Twitter, Facebook, Orkut e até o Blogger. É muito prático e vantajoso para quem deseja divulgar o seu Blog rapidamente, após publicar um artigo.

Esta extensão é bastante útil para quem deseja divulgar o seu Blog no Twitter. Com este recurso, é possível encurtar uma URL rapidamente, para depois, poder divulgá-la no Twitter. A URL é encurtada com o Bit.ly, o encurtador de URLs mais conhecido e usado atualmente.

Com esta extensão, ficou fácil escrever um artigo no Blogger. Basta clicar no botão do Blogger, quando ativada a extensão, e escrever o seu artigo. Basicamente, ele se baseia na divulgação da página que você está acessando, mas basta apagar o link da página e escrever o artigo normalmente. O editor de postagens é o do Blogger comum, não o do Blogger in Draft, o que empobrece um pouco os recursos desta extensão. Mas é ótima para quem deseja escrever um artigo rapidamente para o Blogger.

O Twitter é a rede social mais usada pelos blogueiros, e por isso é importante que você divulgue o seu Blog através de "tweets", a denominação das mensagens enviadas ao Twitter. O Tweetings, é uma espécie de Twitter flutuante que, quando clicado, expande uma simples tela, onde você pode visualizar sua timeline, publicar tweets, ver os seus replies e tweets que receberam RT. É bastante interessante para quem não quer ter mais uma aba ou janela aberta em seu navegador.

O Pagerank classifica um Blog, avaliando basicamente os backlinks que uma página da web recebe, e classifica-a com uma nota de 1 a 10. Quanto mais backlinks uma página possuir, maior seu Pagerank será. Checar regularmente o Pagerank de seu Blog é importante para saber a qualidade de seus artigos, e a quantidade de backlinks que recebeu. Para facilitar a sua vida, esta extensão mostra o Pagerank de qualquer página que estiver acessando. Assim fica rápido e fácil de ver o Pagerank de seu Blog.

Os famosos textos "Lorem Ipsum", são usados para preencher algum espaço em algum Blog, e é usado bastante por criadores e editores de templates, como artigo de exemplo. Em algumas edições que fiz em templates, utilizem este gerador de textos Lorem Ipsum. É muito bom, ele gera um texto do tamanho que desejar, baseado na expressão Lorem Ipsum.

Esta extensão é muito completa, e permite visualizar as estatísticas de SEO de um Blog. Você pode ver deste o Ranking Alexa, até o Pagerank, páginas indexadas no Google, Bing e Yahoo!, e muitas outras estatísticas. Resume inúmeras estatísticas, e poupa o seu tempo, não precisando checar, todos os dias, cada uma destas estatísticas em um site.

Que tal ver como o seu Blog ficará em monitores com outra resolução? É a função desta extensão. É possível visualizar alguma página da web em qualquer resolução, e ver como ela ficaria se o seu monitor possuísse outra resolução. É bastante útil para quem deseja ajustar o layout de seu Blog de acordo com todos os navegadores e resoluções diferentes.

Com esta extensão, você pode obter o código de qualquer cor que desejar, basta "criá-la" na tela. É bastante útil para quem edita o CSS de templates. Poupa trabalho para quem fica procurando cores em sites que disponibilizam código de cores.

Está interessado em registrar um domínio para seu Blog? Utilize esta extensão para ver se o domínio que você deseja está disponível para uso, ou já pertence à outra pessoa. Ele checa a disponibilidade de um domínio no GoDaddy, um ótimo servidor.

O uso destas extensões podem facilitar bastante sua vida de blogueiro, além de serem bastante úteis e levar mais praticidade para si. Caso não saiba instalar extensões no Google Chrome, recomendo este tutorial da Ajuda do Google.

Auto YouTube Downloader 1.21

Gratuito
Tamanho: 8,79 MB
16.578 downloads
Sistema: Windows XP/Vista/7/98/2000/2003
Empresa: Sonettic


>clique para baixar<

"Baixe vídeos da internet automaticamente e converta-os para assistir quando quiser."

Uma das principais mudanças trazidas pela internet foi a forma como os usuários consomem conteúdo de vídeo. Hoje, praticamente tudo o que já foi produzido está na rede, em trechos ou na íntegra. Nenhuma reportagem é perdida caso não seja vista na TV, nenhum trailer de filme deixa de ser assistido caso você chegue atrasado ao cinema, nenhuma gafe de famoso fica escondida, praticamente tudo está disponível.
Mesmo assim, alguns usuários ainda gostam de consumir conteúdo à moda antiga e armazenar os vídeos favoritos para vê-los sempre que quiser sem depender da internet. É aí que entram programas como o Auto YouTube Downloader, que baixam os arquivos e permitem conversão para os formatos mais comuns.

Apesar do nome, o aplicativo é capaz de fazer download não apenas do YouTube, mas também de sites como o Google Videos, Metacafe, Vimeo e qualquer outro serviço que utilize players em Flash e arquivos com a extensão FLV. Este formato é praticamente padrão na rede.
DOWNLOAD AUTOMÁTICO
O carregamento de um vídeo nada mais é do que um download: um arquivo temporário é baixado para o computador, mas está disponível para acesso apenas pelo site. O Auto YouTube Downloader se aproveita disso e captura os dados, disponibilizando-os para o usuário de forma automática e sem utilizar recursos extras da rede. Por isso, na primeira execução do aplicativo, se algum vídeo foi assistido recentemente, todos estarão disponíveis para conversão. 
O Auto YouTube Downloader roda a partir da Área de notificação e, quando um vídeo termina seu carregamento no browser, um movimento da rede que é ícone do programa indica que ele também está pronto para conversão. Todos os arquivos ficam disponíveis na área superior e podem ser assistidos a partir do próprio aplicativo, que conta com opções de zoom e visualização em tela cheia.
Player
FORMATOS AMIGÁVEIS
Opções para exportação dos vídeos também estão disponíveis no aplicativo. O Auto YouTube Downloader permite que os vídeos baixados sejam convertidos diretamente para dispositivos portáteis como iPod, iPhone, PSP ou celulares. Estas opções diminuem a resolução de acordo com o tamanho da tela de cada aparelho. 
Opções dedicadas a dispositivos portáteis
O aplicativo também é capaz de extrair apenas a faixa de áudio dos arquivos, no formato MP3, ou transformá-los em AVI ou WMV. Todas as opções possuem qualidade personalizável por meio de uma barra logo abaixo das opções de conversão.
Opções avançadas permitem também selecionar a resolução do vídeo que será convertido ou selecionar apenas um trecho para transformação, inserindo o momento inicial e final. Para acessar estas configurações, abra o menu “View” e selecione a opção “Advanced”.
  
>clique para baixar< 

Audiogalaxy Beta

Gratuito
Tamanho: -
3.202 downloads
Sistema: Web
Empresa: AG Entertainment


>clique para acessar<

"Ele está voltando como um player para ouvir suas músicas em qualquer lugar. A promessa é de downloads de músicas em breve."


O Audiogalaxy foi um programa de sucesso para compartilhamento de músicas. Em essência, era uma rede P2P, porém utilizava um cliente chamado “Satellite” para efetuar os downloads. Criado em 98, o serviço teve um “boom” de novos usuários após as brigas jurídicas que reformularam o Napster, em 2001.
Após oito anos funcionando de maneira restrita, o Audiogalaxy está de volta em novo formato. Hoje, ele é um player de música “nas nuvens”, ou seja, você adiciona sua coleção de músicas e pode acessá-la de qualquer computador pelo tocador do serviço. Tudo de graça.
No momento, o Audiogalaxy não oferece download de músicas, mas essa é uma promessa dos desenvolvedores. No entanto, não há detalhes sobre esse plano. É provável que o serviço funcione como uma comunidade onde os membros compartilham arquivos, mas nada é certo por enquanto.


Registro

Há duas maneiras para utilizar o novo Audiogalaxy. Você pode usar um perfil já existente no Facebook (de acordo com os desenvolvedores, não há postagens nas suas atualizações sem aprovação e não há spams). Tudo o que você precisa fazer é utilizar o mesmo login e senha.
A outra possibilidade é criar um cadastro do próprio Audiogalaxy com endereço de e-mail, senha e um nome de usuário. Esse nome de usuário também é criado para quem usa o Facebook.

Faça o download do cliente

O Audiogalaxy é, essencialmente, um serviço web, mas necessita de um cliente específico, um pequeno software que você deve instalar no computador onde estão as músicas que deseja ouvir. É ele que lista e organiza todos os seus arquivos a fim de possibilitar a transmissão das suas músicas para ouvi-las em qualquer lugar. No entanto, não é necessário ter o cliente para ouvir sua coleção.
O cliente se chama Audiogalaxy Helper e está disponível para Windows (XP, Vista e 7), Mac OS X (10.5 Leopard e 10.6 Snow Leopard) e também para iPhone e Android. Para baixar a sua versão, basta acessar o serviço.
Este é o ícone e o menu do cliente Helper.Logo após o login, você é notificado sobre a necessidade de instalação e pode fazer o download. Também é possível baixá-lo na área “Settings” do Audiogalaxy.
O site identifica o seu sistema automaticamente e envia o arquivo correspondente.
A instalação do Helper é instantânea. Um ícone é disponibilizado na Bandeja de sistema (systray, ao lado do relógio). Esse ícone possibilita o acesso ao site do Audiogalaxy, às suas listas de execução e às pastas com músicas.

Adicionando e ouvindo músicas

Por padrão, o Audiogalaxy procura por arquivos do tipo MP3 e AAC no seu computador. Você pode utilizar a função “Your Music Folders” do cliente para escolher as pastas que deseja adicionar. Segundo os desenvolvedores, outros formatos de áudio serão suportados.
Caso o Audiogalaxy não reconheça corretamente as informações de artista, título, álbum, etc., a dica é editá-las em algum programa compatível como iTunes ou Windows Media Player. Se algum arquivo não for adicionado, ele pode estar corrompido.
Com os arquivos adicionados, basta explorar a coleção por artistas, álbuns e playlists. O Audiogalaxy tem um tocador simples que exibe a arte do álbum (quando disponível). É possível criar e salvar listas com as músicas adicionadas.
Importante: sua coleção tem um limite de até 200 mil arquivos.
  
>clique para acessar< 

ObjectDock 2.0

Gratuito
Tamanho: 20,40 MB
482.256 downloads
Sistema: Windows XP/Vista/7
Empresa: Stardock


>clique para baixar<

"Substitua a Barra de ferramentas e o Menu Iniciar do Windows, deixando tudo mais moderno, elegante e prático."


Se você está cansado da velha barra de ferramentas do seu Windows, então está na hora de conhecer o ObjectDock. Com este programa você pode tornar o Menu Iniciar e também a barra de ferramentas do seu computador muito mais moderna e bonita em apenas alguns cliques.
ObjectDock possui alguns temas padrões para que você altere o visual da nova barra. Além disso, é possível personalizar totalmente o tamanho dos ícones, transparência, fundo e diversas outras opções.


Deixe de lado a Barra tradicional

Com um visual completamente renovado, sem dever em nada com relação à elegância, ObjectDock traz estilo ao seu computador, permitindo uma personalização diferente. Os ícones são muito bem desenhados e ricos em detalhes e você pode escolher o tipo de animação que será mostrada quando o cursor do mouse passar sobre eles.
Se você gosta de modificações e organização no desktop, com certeza vai gostar desta Barra de tarefas no melhor estilo Mac. Com ela, seus programas, atalhos e ícones permanecem agrupados em um único local, o acesso é mais rápido, além de deixar a Área de trabalho mais limpa e elegante.
Aparência da Barra do ObjectDock
Ao iniciar o ObjectDock, ele importa seus atalhos presentes na Bandeja do sistema (“systray”) e Barra de acesso rápido, além de adicionar todos os programas ativos. Caso você não goste de como ficou a organização dos itens, basta “clicar e arrastar” para reposicioná-los e deixá-los da maneira que mais lhe agrade.

Aparência e efeitos

A nova Barra de tarefas é muito semelhante ao dock do Mac, inclusive com relação aos ícones e à forma de interação com o usuário. Por padrão, depois de instalada, ela conta com um elemento que oferece o acesso à tela de configurações, chamado “ObjectDockUI”. Ao clicar nele, uma nova janela é aberta para que você modifique o aplicativo conforme suas preferências.
Se, por algum motivo, o ícone não estiver presente, você pode clicar na Barra do ObjectDock com o botão direito do mouse, clicar em “Settings” e escolher a opção “Settings” e entrando na aba “Home”. A aparência da janela de configurações é simples e bem organizada. Logo ao abri-la, você observa um resumo, demonstrando como estão configurados os itens no aplicativo.
Aplicando efeitos
Para alterar qualquer um deles, basta clicar. Por exemplo, se você quer mudar o posicionamento da Barra na Área de trabalho, clique em “Position”. Independente da opção escolhida, as opções para a possível modificação são abertas na mesma tela, logo abaixo dos detalhes dos elementos.
De uma forma geral, você pode modificar os itens presentes na Barra (“On my dock”), o posicionamento dela com relação à Área de trabalho (“Position”), o tamanho (“Size”), estilos e cores para o plano de fundo dos ícones e transparência (“Style/color”), efeitos que podem ser aplicados (“Effects”) e modo de acesso (“Acessibility”).
Algumas das opções permitem uma pré-visualização de como será o resultado final após a aplicação. Por exemplo, ao selecionar um novo efeito, ele é automaticamente simulado na Barra ativa, para que você possa ver como ele funciona.

Configurações adicionais

Ainda na janela de configurações, acessando a aba “Settings”, você pode definir alguns comportamentos adicionais a ser tomados pelo aplicativo. Ali, é possível configurá-lo para inicializar juntamente com o Windows, esconder a Barra de tarefas padrão do SO, além de encontrar algumas opções para a resolução de problemas e melhorar o desempenho.

Novos Temas

Para que o usuário não se canse da aparência da barra, ObjectDock permite que o tema seja alterado. Acessado o site WinCustomize você tem acesso a inúmeros temas e animações para o ObjectDock.
Ao abrir o site é possível notar na coluna mais à direita uma lista com diversos programas. Procure por “ObjectDock” e acesse o link dando um clique sobre o nome do programa. A maioria dos temas exibidos são gratuitos, mas fique atento.
Grande parte dos skins apresentados no site trazem apenas algumas alterações na imagem de fundo do ícones, mas outros possibilitam alterar os ícones também. O segundo grupo de temas é um pouco mais complicado de utilizar. Para saber como usá-los, siga atentamente as instruções dadas pelo desenvolvedor.
  

>clique para baixar< 

Comodo BackUp 3.0.164972.96

Gratuito
Tamanho: 16,80 MB
7.866 downloads
Sistema: Windows XP/Vista/7/2000/2003
Empresa: Comodo Group


>clique para baixar<

"Faça um backup completo do estado atual do sistema ou apenas dos documentos e históricos." 

Comodo BackUp é um software muito útil para quem preza pela segurança dos documentos pessoais. Ainda que o programa não seja exatamente para proteção do computador, a realização de backups classifica-o como um item fundamental para prevenção de possíveis danos aos dados do disco rígido.
Diferente de outros aplicativos do gênero, o Comodo BackUp é automatizado, o que significa que você poderá criar apenas um backup principal e então agendar outros para o futuro. Com a interface descomplicada e moderna, você tem acesso aos principais recursos do programa e pode sempre estar seguro de que a chance de perder seus documentos é mínima.

Eficiência é tudo

Com a tecnologia “Volume shadow copy compatibility” (Cópia da sombra do volume com compatibilidade) o usuário pode ficar tranquilo quanto à integridade de seus dados. O software vai analisar precisamente todos os arquivos do PC e criará backup até mesmo daqueles que estão em uso.
Para assegurar que novos dados não vão estragar documentos que já estejam em um backup, o Comodo BackUp realiza uma verificação da versão dos arquivos e testa se a substituição por uma nova versão não afetará a funcionalidade do conteúdo em questão. Para usuários avançados existe a possibilidade de agendar tarefas através de linha de comando e scripts.

Crie seu perfil

Como nem todo mundo é igual, a Comodo decidiu inovar e inseriu os perfis inteligentes. Agora o usuário tem a possibilidade de definir os tipos de backup que realmente importam. Por exemplo, se você tem conversas importantes no seu mensageiro, pode utilizar o backup de “IM conversations”.
Para permitir cópias de segurança ainda mais completas, o Comodo Backup possibilita que o utilizador assinale diferentes itens, de modo que o backup contenha todos os dados que realmente interessam. Sendo assim, você pode salvar documentos, arquivos multimídia e conversas do mensageiro, o que deve reduzir significativamente o tamanho do backup.
Escolha o que você deseja salvar

Dados seguros e restauração simplificada

Uma vez criado um backup dos arquivos, o usuário tem a opção de gravar os dados em um disco, enviar o backup para uma pasta na rede local ou copiar o arquivo para um servidor remoto. Quando houver necessidade de realizar uma restauração, basta usar o item “Restore” do Comodo BackUp para que o software recupere seus arquivos.

>clique para baixar< 

Bikini, Vestido, Mini saia


















Orkut versus Facebook: confira a opinião de um blogueiro brasileiro sobre os sites

Empresas de todos os tipos e tamanhos estão investindo nos sites de relacionamentos online, como o Orkut.com, da Google Inc., por exemplo. Enquanto no Brasil a internet segue dominada pelos orkuteiros, no resto do mundo outros sites se saem bem melhor. Um desses "orkuts alternativos" é o Facebook.
Pouco conhecido ainda dos brasileiros, o Facebook.com já está sendo descoberta pela brogosfera nacional. Abaixo, apresento minha opnião sobre orkut e facebook.

1 dúzia de bons motivos para sair do Orkut e migrar para o Facebook

Gente que não conheço querendo me adicionar. Mensagens, desenhos e propagandas duvidosas que não me interessam. Convites para participar de comunidades inúteis, sem propósito. Não sei quanto a vocês, mas eu já me cansei do Orkut. Confesso que ainda acesso, mas apenas em consideração aos meus amigos e familiares que ainda utilizam o serviço.
Recentemente me apresentaram o Facebook. A princípio não dei muita atenção pois pensei que se tratava de mais um Orkut da vida e definitivamente eu não precisava de mais um. Depois de ler alguns feeds que falavam muito bem a respeito dele, resolvi experimentar. Faz pouco tempo que estou usando mas já de cara consegui identificar 12 coisas que fazem dele uma opção muito melhor que o Orkut.

1. Privacidade

Isso não tem preço. No Orkut todo seu perfil fica escancarado pra quem quiser ver. O mesmo não acontece aqui. Por padrão apenas seus amigos podem ver seu perfil. Os outros podem apenas ver seu nome e thumbnail (versão reduzida da foto do perfil). Nada mais. Quem não é do seu círculo de amizades não tem que saber da sua vida! Além disso você pode sempre configurar as opções de privacidade como achar conveniente.

2. Redes restritas

Se você quiser fazer parte da rede de sua empresa ou da faculdade, terá que provar que faz parte dela. Isso mesmo! Por exemplo, se você é funcionário da empresa XYZ, terá que fornecer seu email corporativo (voce@xyz.com) e uma mensagem de confirmação será enviada para esse email. Ou seja, apenas quem tem email do domínio xyz poderá fazer parte dessa rede.

3. Design

No Facebook tudo é mais clean. O site é praticamente todo feito em tons de azul, preto e branco, o que faz a navegação menos cansativa. É possível customizar a aparência do seu perfil, adicionando/removendo campos e alterando sua posição.

4. Upload e e organização de fotos

Usuários do Orkut me corrijam se eu estiver errado, mas o sistema Orkut de fotos é muito primitivo. Você tem que transferir as fotos manualmente, uma a uma, e na ordem que você deseja. Se precisar alterar a posição de alguma foto você precisa deletar todas que estão na frente dela e fazer novamente o upload, uma a uma, na ordem certa. Chega a ser ridículo.
No Facebook as fotos podem ser transferidas todas de uma vez. Para alterar a posição das fotos basta um simples movimento de mouse: arrastar e soltar. Além disso não existe limite de fotos (no Orkut são apenas 12) e você pode organizar suas fotos em álbuns. Precisa falar mais?

5. Tags em fotos

O sistema de tags para fotos do Facebook é bem interessante. Você faz uma marca em cima da pessoa que vai ser “tagueada” e depois adiciona a tag. Dessa maneira quando alguém passa o mouse em cima dessa pessoa aparece o nome dela. Se for usuária do Facebook um link para o perfil dela é adicionado à tag.
Você também pode adicionar tags em fotos que não são suas. Claro que nesse caso o dono da foto deve aprovar sua tag.
Se você foi “tagueado” por alguém essa foto passa a fazer parte de seus álbuns. Suas fotos são divididas em: fotos adicionadas por você e fotos adicionadas por outros. Além disso, quando você visita os álbuns de um amigo, é possível visualizar apenas as fotos em que os 2 estejam juntos. Bem legal!

6. Plugins

O que torna o Facebook altamente customizável são seus plugins ou extensões. Existem mais de 1000 aplicações disponíveis. Por enquanto instalei apenas 3:
  • Last.fm Music: apresenta as últimas músicas que você escutou via Last.fm e permite que os amigos que visitam seu perfil escutem essas músicas
  • Where I’ve Been: mostra um mapa-mundi com os países que você já visitou, morou ou tem desejo de conhecer
  • X Me: Traz funcionalidades adicionais à aplicação Poke, que vou explicar em seguida
7. Pokes

Poke pode ser traduzido como cutucar. Sabe quando você não tem nada a dizer mas só quer “perturbar” seu amigo? Então, é mais ou menos isso. Ele recebe uma notificação e fica sabendo que você o cutucou e pode mandar um poke de volta. Ou não :-)
A extensão X Me (comentada acima) traz novas ações ao Poke. Você pode, por exemplo, mandar um abraço.

8. Presentes

Presente ainda é uma ótima forma de demonstrar a alguém o quanto ela é importante. Os presentes no Facebook são virtuais. São, na verdade, imagens de um presente que poderia ser real:
O mais interessante de tudo é que esses presentes são pagos. Custam U$1,00 cada. Gostei do sistema por 2 motivos:
  • Presentes gratuítos podem facilmente virar spam. O que é gratis todo mundo dá e dá sem dó. Ou seja, vai ser um tal de receber 50 gifts por dia que o presente perderá seu valor.
  • Quem recebe o presente sabe que teve um custo, sabe que ele não é dado pra qualquer um. O valor do gesto se torna bem maior.
9. Marketplace

Não tem muito o que explicar. É um sistema tipo Classificados. Você pode adicionar fotos aos artigos que está vendendo, ver os produtos de seus amigos e buscar em outras redes. Também pode fazer uma lista de coisas que deseja comprar. Os artigos variam de bolinhas de gude a apartamentos.

10. Feeds de atividades

Qualquer atividade feita no Facebook é registrada. Se você adicionou uma foto, foi “tagueado” em outra, escreveu no Wall (tipo scrap do Orkut) de alguém, adicionou um novo amigo, mudou algum status, tudo fica armazenado em forma de feeds.
Junto a seu perfil existe um campo chamado Mini-Feed. Nesse campo são exibidos os feeds que foram armazenados. Como tudo no Facebook, isso também pode ser customizado. Por exemplo, Você pode tirar do seu perfil a opção de exibir o Mini-Feed ou então deletar somente as atividades que não deseja que sejam exibidas.

11. Status

Logo abaixo de sua identificação existe um campo de status onde você pode deixar informações do tipo: Jacir Holowate is at home (updated 50 seconds ago). Em português: Jacir Holowate está em casa (atualizado há 50 segundos).
Uma outra coisa que achei interessante. Se você tem um relacionamento com alguém (namoro, noivado, casamento) e seu cônjuge também faz parte do Facebook, seu relationship status pode ser: Fulano de Tal é namorado de Fulana de Tal, com link para os 2 perfis.

12. Histórico de amizades

Você pode relacionar detalhes de sua amizade. Onde, como e quando se conheceram, atividades que fizeram juntos, etc. Esse histórico deve ser aprovado pelos 2 amigos e ambos podem editá-los.